Pastor é atacado por policiais no Vietnã

Pastor é atacado por policiais no Vietnã

Atualizado: Terça-feira, 8 Novembro de 2011 as 12:05

Autoridades locais atacaram um pastor e sua família com barras de ferro e pedaços de madeira  na região central do Vietnã no dia 23 de outubro, ferindo gravemente na cabeça e nos braços o líder da igreja e outros parentes dele, disseram as fontes.-

Duas vezes no mesmo domingo as autoridades interromperam um culto na igreja doméstica  em Phu, na província de Quang Nam. Uma gangue de 20 homens atacou o pai, irmão e outros familiares do pastor Thien Na, que foi escondido em uma sala, pois sua família pensou que a gangue queria matá-lo.

A polícia havia  visitado a casa dele na semana anterior para investigar a igreja doméstica, pois eles haviam pedido registro e foram negados em todas as vezes, de acordo com o pastor. Membros da igreja disseram que “até uma criança” consegue perceber que a quadrilha que invadiu a igreja está ligada com as autoridades.

Pastor Thien disse que ele iria se reunir com os policiais, mas eles invadiram a reunião e desligaram o sistema de som. “Quando os membros da igreja protestaram, um policial fritou e ameaçaram bateram no pai do pastor”, de acordo com o relatório.

Depois de algum tempo, os policiais ficaram zangados com tantas ameaças que receberam que deixaram a casa de oração, de acordo com os relatos do pastor.

Os membros da gangue atingiram seu pai e seu irmão. Eles não conseguiram atacar o pastor e sua família, pois os membros os protegeram. Eles viram que não conseguiriam agredir o pastor então foram embora, mas ameaçaram derrubar a igreja a matar todos os membros.

Durante o ataque, o pastor Thien tentou chamar a polícia e as forças de segurança, mas, estranhamente, ninguém o atendeu. Depois que a gangue saiu, ele falou com o chefe do departamento de polícia que prometeu investigar o caso.

veja também