Pastor Nadarkhani pode ter sentença de morte já decretada

Tribunal iraniano confirma sentença de morte de pastor

Atualizado: Quinta-feira, 23 Fevereiro de 2012 as 1:04

Conforme publicado no Christian Post um tribunal iraniano confirmou a sentença de morte ao pastor cristão Youcef Nadarkhani, preso desde 2009 que está sendo acusado de apostasia por negar sua fé em Jesus Cristo.

Nadarkhani foi originalmente preso em outubro de 2009 por protestar contra o ensino do Islã na escola de seus filhos. Ele se converteu aos 19 anos e liderava um grupo de cerca de 400 cristãos no Irã. As acusações que pesam contra ele são atualmente apostasia e tentar evangelizar muçulmanos. A sentença para apostasia foi a execução, mas, após pressão internacional sobre o sistema judicial iraniano o veredicto foi adiado, passando o caso para o aiatolá Ali Khamenei, da nação suprema autoridade, para revisão.

O Secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, William Hague e a União Européia estão pressionando o Irã por violar também a Declaração Universal dos Direitos Humanos, segundo o Global Post.

De acordo com informações da imprensa local, ainda não está claro se Nadarkhani poderá apelar de sua ordem de execução. A maioria das execuções no Irã são realizadas em segredo.

veja também