Pastor pede orações em favor de sua igreja

Pastor pede orações em favor de sua igreja

Atualizado: Sexta-feira, 27 Agosto de 2010 as 9:14

Em 13 de agosto de 2010, após prisão por oficiais do ministério de segurança do Estado, o pastor Wang Dao da igreja Liangren, em Guangzhou, contatou o presidente da ChinaAid, Bob Fu, pedindo sua ajuda para emitir um pedido urgente de oração. Após traduzir o documento, a ChinaAid divulgou a carta na imprensa chinesa no começo da semana.

Leia na íntegra a carta do pastor Wand Dao, pedindo intercessores:

Querido Pastor Bob Fu,

Paz de Cristo! Obrigado por se arriscar na luta a favor dos direitos dos cristãos perseguidos na China, incluindo seu cuidado e ajuda à Igreja Liangren de Guandzhou. Os advogados de defesa que trabalham junto de você são como anjos. Sempre que há uma necessidade para eles, há a sua presença! Por favor, aceite nossa gratidão de coração por você! Que Deus recompense o trabalho duro que você tem feito!

Ás vezes nos sentimos ingênuos e inocentes em acreditar que podemos viver em paz por um tempo, mas os fatos nos dizem que não devemos nutrir qualquer ilusão (sobre nossa situação) para Satanás. Mandarei informações sobre o que temos passado nos últimos dois dias. A mensagem da nossa igreja é: continuem. Por favor, continuem a orar por nós em nossa luta! Emanuel, Deus conosco!  

Seu amado irmão em Cristo

Wang Dao

13 de agosto, 2010

“Igreja de Liangren em Guangzhou foi novamente reprimida e expulsa pelas autoridades locais!”

Nos últimos dois dias, o pastor Wang tem sido perseguido em diversas ocasiões em sua casa no vilarejo de Chengzhong pelo esquadrão de proteção da segurança interna, a delegacia de polícia Luopu, e agências do governo.

Em 12 de agosto, cinco pessoas do esquadrão de proteção da segurança interna, liderado pelo funcionário da delegacia de Luopo, Yang, foi à casa do pastor e o ameaçou: caso ele se recusasse a ir para a única igreja reconhecida pelo governo para realizar suas atividades religiosas lá, eles nos expulsariam da casa que alugamos recentemente no vilarejo de Chengzhong.

Depois disso, as pessoas da administração da Imobiliária do comitê Village Party, vieram à sua casa para registrar seus dados pessoais; eles também exigiram que o proprietário instalasse extintores de incêndio, (colocando uma maior pressão financeira sobre ele).

Por volta das 10 horas da manhã de 13 de agosto, Yang e o esquadrão de proteção foram até a casa do pastor Wang para intimá-lo, junto de sua esposa, que não estava em casa no momento. Wang só foi liberado depois do meio-dia. Na delegacia de polícia, o pastor foi seriamente alertado de que não poderia realizar atividades religiosas.

Devido à dura realidade de nossa situação, mais uma vez nos encontramos diante de um dilema, pois não conseguimos encontrar um lugar onde podemos reunir! Entretanto continuamos firmes, crendo na preciosa promessa de Deus: “E providenciarei um lugar para Israel, o meu povo, e os plantarei lá, para que tenham o seu próprio lar e não mais sejam incomodados. Povos ímpios não mais os oprimirão, como fizeram no início.” (2 Samuel 7.10).

Por favor, continuem a orar por nós e também repassem essa mensagem aos irmãos cristãos que conhecem.

Igreja Liangren de Guangzhou

Tradução: Carla Priscilla Silva / Portas Abertas

veja também