Pastores visitam obra missionária no Leste Europeu

Pastores visitam obra missionária no Leste Europeu

Atualizado: Quarta-feira, 26 Outubro de 2011 as 4:57

Um grupo de três pastores de igrejas batistas do Nordeste fez uma viagem missionária, de 21 de setembro a 6 de outubro, a três países do Leste Europeu, onde visitaram missionários da Junta de Missões Mundiais e obreiros da terra, rendendo preciosos frutos.

Os pastores Ney Ladeia (IB da Capunga, Recife/PE), Roberto Amorim (IB do Farol, Maceió/AL) e Ellio Moraes (IB San Martin, Recife/PE) passaram duas semanas na Polônia, Ucrânia e Rússia. Na ocasião, eles visitaram igrejas e treinaram mais de 1.500 obreiros.

A viagem missionária começou a ser planejada em outubro de 2010, quando os missionários da JMM no Leste Europeu Anatoliy Shmilikhovskyy e Lyubomyr Matveyev estiveram no Recife. Anatoliy e Lyubomyr já tinham sido alunos do Pr. Ney no Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil, o que facilitou bastante o projeto da caravana missionária ao Leste Europeu.

Os pastores passaram dois dias na Polônia, onde se reuniram com missionários de várias regiões do país. No Seminário Teológico Batista de Varsóvia, se encontraram com o reitor e lembraram que Salomão Ginsburg, um dos pioneiros do trabalho batista no Brasil, nasceu na Polônia, e que agora é vez de os missionários brasileiros devolverem a chama por missões no país.

Na Ucrânia, o Pr. Ney pregou em igrejas na capital, Kiev, e no interior. Os pastores ministraram palestras para alunos do Seminário de Rivna e para obreiros da terra. “Uma nova geração de crentes está surgindo na Ucrânia, após anos de perseguição e repressão dos tempos do comunismo, trazendo uma nova esperança para aquela parte do planeta”, afirma o Pr. Ney.

Na passagem pela Rússia, última escala da viagem missionária, os pastores fizeram palestras a líderes e missionários na cidade de Kursk.

O Pr. Ney disse que seus companheiros de viagem foram excelentes parceiros e fundamentais para a realização do projeto. “O Pr. Roberto Amorim tem vasta experiência em viagens missionárias que fez com o Pr. Waldemiro Tymchak (ex-diretor executivo da JMM), e o Pr. Ellio Moraes por seus 20 anos como missionário transcultural”, conta.

Para o Pr. Ney, a viagem foi uma experiência riquíssima, pelas portas abertas e intensificação do ardor missionário. “Voltamos profundamente tocados e impactados pelo que vimos, ouvimos e vivemos ali”, conta. “É a realização de um sonho antigo”, finaliza.    

veja também