Presidente da Nigéria rejeita troca de meninas sequestradas por prisioneiros

Goodluck Jonathan disse, em reunião, que não vai negociar a liberdade das meninas pela liberdade de presos

Fonte: guiame.com.brAtualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:01
Nigéria
Nigéria

nigériaNo vídeo divulgado pelo Boko Haram, grupo rebelde islâmico que sequestrou mais de 200 meninas nigerianas, ofereceu a libertação de mais 200 garotas em troca da soltura de prisioneiros islamitas.

Goodluck Jonathan, presidente da Nigéria, rejeitou a ideia de uma troca de prisioneiros do Boko Haram por alunas que foram sequestradas pelo grupo islâmico no dia 14 de abril.

A informação foi passada pelo ministro da Grâ-Bretanha para a África, após uma reunião em Abuja, nesta quarta-feira, 14 de maio.

"Ele deixou bem claro que não haverá negociações com o Boko Haram que envolvam uma troca de alunas sequestradas por presos", afirmou Mark Simmonds.


com informações do G1

 

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições