Projetos Missionários movimentam metodistas pelo Brasil afora

Projetos Missionários movimentam metodistas pelo Brasil afora

Atualizado: Sexta-feira, 8 Julho de 2011 as 11:38

A palavra missões não se encontra na Bíblia, mas está no coração de cada metodista. Todos os anos, o mês de julho é prova disto. Centenas de pessoas, de todas as Regiões Eclesiásticas da Igreja Metodista, dedicam parte do período de férias para trabalhar no cumprimento do ide de Jesus.

Os projetos acontecem em várias partes do país. Cada Região Eclesiástica e Missionária promove ações em uma cidade, geralmente, com o apoio da prefeitura local. Uma multidão chega uniformizada, cantando, animando as ruas e oferecendo serviços que a população tem pouco ou nenhum acesso: atendimentos médico, odontológico, jurídico e psicológico; palestras de saúde, higiene e aparência pessoal; oficinas de artesanato, evangelização, música, teatro, e até serviços de reforma e construção. Todo o atendimento é gratuito e realizado voluntariamente.

Iniciativa - O projeto começou em 1996, em Vila Rica, Mato Grosso do Sul, 5ª Região. Foi uma iniciativa dos Grupos Societários de Homens, Mulheres e, posteriormente de Jovens e Juvenis. O Projeto Missionário está na 16ª Edição. O funcionário público, Carlos Eduardo Parra, de 26 anos, participou desta história. Esteve presente em 11 eventos. Ele faz questão de estar envolvido, especialmente, no trabalho com as crianças. “É um sentimento de realização. Elas escrevem cartinhas e perguntam quando nós vamos voltar. Sinto-me realizado, todos os anos”, comenta.

De acordo com um dos organizadores do evento na 5ª Região, Marcos Neri da Mata, o Projeto Missionário é o principal instrumento de expansão missionária, pois tem um objetivo simples e direto: salvar vidas. “É uma prova concreta da atuação das Federações e que é possível trabalhar intensamente em prol da missão”, afirma.

A aposentada Jane Eyre trabalha desde a primeira edição na parte de infra-estrutura do Projeto ‘Uma Semana Para Jesus’ da 5ª Região. Ela conta que o evento já faz parte da sua vida e ressalta que a iniciativa já motivou igrejas até de outros países. “O projeto já foi repetido por três vezes na Costa Rica, quatro no Chile, além da França e Espanha”, revela.

Pelo Brasil - A idéia criada em 1996 deu tão certo que se espalhou pelo Brasil. Nos anos seguintes, as Regiões foram adaptando o trabalho de acordo com as necessidades. Na 4ª região, por exemplo, o Projeto ganhou o nome de ‘Passa à Macedônia’ e está na 14ª edição.

A jornalista, Suéllen Valverde, de 28 anos, da Igreja Metodista em Carlos Prates, em Belo Horizonte, participou de uma das edições e conta que foi uma experiência marcante. “No Projeto pude ter certeza do meu lugar na obra, dos talentos e habilidades que o Pai me confiou, uma vez que pude atuar na minha área, a Comunicação. Foi a oportunidade definitiva para que Deus transformasse minha profissão em ministério”, revela.

Na 3ª Região, o “Projeto uma Semana pra Jesus”, acontece há 11 anos e também oferece ações na área de evangelização, educação cristã, saúde e ação social. A professora Flávia Medeiros da Silva, participou de todas as edições. Ela diz que nunca mais foi a mesma depois de participar do Projeto. “Meu relacionamento com Deus mudou, pois entendi que tenho que olhar para o próximo, não só do ponto de vista espiritual, mas, também como social. Entendi melhor meu chamado em Deus”, conta.

No mês de julho, a família metodista também se reúne para a missão na 6ª Região. Na última edição em Mafra, Santa Catarina, mais de 350 voluntários participaram. O seminarista Jhonatan Cândido de Souza, de 21 anos, participou de quatro edições. “Estar envolvido no Projeto me mostrou o que realmente quero para minha vida – pregar o evangelho e expandir o reino de Deus na Terra”, afirma.

O Projeto também acontece na 2ª Região. Geralmente os trabalhos são realizados durante um final de semana. O evento está na quinta edição.

veja também