Radicais África participam de culto na CBB

Radicais África participam de culto na CBB

Atualizado: Terça-feira, 29 Novembro de 2011 as 11

Os 14 Voluntários Sem Fronteiras da sexta turma do Projeto Radical África participaram nesta segunda-feira (28), no auditório da Convenção Batista Brasileira (CBB), no Rio de Janeiro, de um culto de gratidão a Deus pelas vitórias alcançadas nos dois anos e meio que passaram em campos africanos. Durante o culto, os voluntários compartilharam experiências e testemunhos que viveram no Senegal, Mali e Níger.

Síndel Martins, que ficou no Senegal, destacou que a vivência no campo missionário na África lhe permitiu crescer como pessoa e, principalmente, como serva de Deus. “O campo me fez amadurecer. Sou mais sensível ao meu próximo, choro com mais facilidade, e sou mais grata a Deus por tudo o que tenho, pois nada é meu, é tudo Dele”, contou.

Representando a equipe que ficou no Níger, a voluntária Adeísa Barbosa disse que o Senhor sempre esteve ao lado dos voluntários. A equipe que ficou no Níger desenvolveu trabalho com crianças, jovens, mulheres, inclusive com uma igreja. Na capital, Niamey, o grupo trabalhou num orfanato, onde pôde compartilhar o amor de Deus com as crianças.

Almir Fellipe, que atuou no Mali, destacou que todas as equipes enfrentaram vários desafios e que não foi fácil, mas que valeu a pena sair do país e anunciar na África a glória e a majestade do Senhor. E destacou que todo o trabalho do Projeto Radical só foi possível graças às orações dos irmãos no Brasil. “Nós agradecemos pelas orações dos irmãos, e pedimos oração pela turma 7, que ficou na África”, disse.

Os Voluntários Sem Fronteiras receberam um certificado do Projeto Radical e cantaram um cântico, “Meu Deus é Bom”, em uólofe, bambará, zarma e francês, línguas faladas nos países onde atuaram.

Érica Lopes, da coordenação do Projeto Radical, se emocionou durante o culto e afirmou que os voluntários são heróis e uma inspiração para todos.

O Diretor Executivo da Junta de Missões Mundiais, Pr. João Marcos Barreto Soares, disse que cada um dos missionários deve ser alvo de oração, assim como o Projeto Radical, e se dirigiu especialmente aos parentes dos voluntários. “Queria agradecer pela confiança e paciência, e pedir que continuem a nos ajudar, nos abençoando através da participação de vocês e da cessão dos filhos de vocês. Muito obrigado”, declarou.

Também estiveram presentes ao culto na CBB a oitava turma do Projeto Radical África, que se prepara para seguir para o campo em 2012, e jovens que participaram da caravana missionária Pés no Arado, que chegou neste final de semana de Angola.

Agradeça a Deus pelas vidas de Adeísa Barbosa, Aline Cristina, Almir Felipe, Camila de Paula, Eduardo Barcellos, Élida de Souza, Emerlyn Cristina, Fabíola Dutra, Fernando dos Santos, Gabriela Elina, Gessika Oliveira, Josane Alves, Juliana Pinheiro e Síndel Martins.    

veja também