Rádio cristã leva o Evangelho a países em conflito

Rádio cristã leva o Evangelho a países em conflito

Atualizado: Segunda-feira, 28 Fevereiro de 2011 as 9:08

Um grupo francês de direitos humanos estima que até duas mil pessoas possam ter morrido na revolta contra o líder líbio Muammar Gaddafi. Conforme relatos dos direitos humanos, abusos continuam a surgir, mas emissoras de rádio cristãs dizem que a mensagem do Príncipe da Paz continua a ser irradiada para a Líbia e para outros países do Norte Africano.

O presidente da HCJB Global, Wayne Pederson, disse: "Sabemos que o sinal do satélite têm ido para esses países, mas nós não ouvimos porque internet, telefone celular e mensagens de texto foram todos bloqueados. Mas sabemos que temos pelo menos 1,5 milhões de lares nos ouvindo nessa parte do mundo".

Segundo Pedersen, a igreja evangélica é muito pequena nessa região, há apenas algumas no país. "A maioria dos crentes foram levados para fora do país ou colocados em prisão”.

No entanto, Pederson disse que é certo que os seguidores de Jesus que vivem no subsolo dependem da mídia para serem sustentados espiritualmente.

Segundo Pederson, Deus providencialmente ampliou o alcance nesta área há seis meses, permitindo-lhes participar de um novo provedor de satélite que expandiu sua cobertura em até 300%. A Al Jazeera e a SAT 7 foram bloqueadas de vez em quando, mas Deus tem protegido o nosso sinal, que continua fortemente.

O satélite é apenas uma forma de distribuição. A HCJB Global também transmite através de ondas curtas e da internet. A programação é produzida localmente "por pessoas em países que conhecem a língua e a cultura e são mais capazes de atender as necessidades e os medos das pessoas daquela parte do mundo", diz Pedersen.

Enquanto as transmissões estão oferecendo esperança, Pederson diz: "Sabemos também que através de mensagens de texto as pessoas estão conhecendo a Cristo pela primeira vez. Eles ouvem uma mensagem de amor ao invés do ódio. Eles ouvem uma mensagem que faz promessas em vez de ameaças, e estão respondendo, dizendo: 'Eu quero saber mais sobre Jesus. Onde posso conseguir uma Bíblia? Onde eu posso manter contato com outros crentes?”, comemora Pederson.

veja também