Rev. Dirceu e Tirza 40Espanha41

Rev. Dirceu e Tirza 40Espanha41

Atualizado: Domingo, 27 Dezembro de 2009 as 12

Don Benito, novembro de 2009

''porque sei em quem tenho crido e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele Dia?. II Timóteo 1.12

Que alegria escutar de alguém que já sabe em quem crer!

Na última quinta-feira, ao terminar um culto na casa de umas pessoas que estamos evangelizando na cidade de Campanário, um senhor de 80 anos disse: ''Agora sei que os santos não valem. Quem vale é Jesus, porque ressuscitou''. Como nos alegra ver que algumas pessoas começam a compreender o que significa crer em Jesus.

Estamos contentes por poder enviar nossas notícias. O que mais desejamos é compartilhar com os queridos um pouquinho de nossa caminhada e lutas, pois temos passado por momentos paradoxais. Muita alegria em algumas frentes e tristeza em outras.

Nossa Escola Dominical para as crianças às sextas-feiras ganhou mais uma professora. Uma jovem professora de inglês que está conosco há 2 anos se apresentou para a auxiliar a Tirza. Ela é inglesa e muito criativa. Estamos contentes.

O grupo de jovens, agora sem o Mateus, também está retomando suas atividades. No último sábado, cinco de nossos jovens estiveram no encontro de jovens da região e neste sábado participarão de um concerto evangélico.

Continuamos visitando as cidades de Santa Amália e Campanário. No caso de Santa Amália, a irmã Benita, cujo testemunho já contamos muitas vezes, se transferiu para uma residência de idosos, muito semelhante a nossos hospitais particulares no Brasil. Uma vez por semana nos reuniremos em sua casa para celebrar um culto, e nos demais dias, o testemunho será dado na residência de idosos, por onde muita gente da cidade passa semanalmente.

Nesta semana também tivemos a oportunidade de visitar várias pequenas cidades da região, onde distribuímos um cartaz com o texto de I Coríntios 13. Foi mais uma belíssima experiência.

O coro gospel continua ativo e os cinco participantes de nossa igreja permanecem fieis. O Dirceu foi convidado a participar do conselho diretor do coro. O desejo geral é que o Coro Gospel possa cantar em cidades onde se necessite um impacto evangelístico. Já tivemos quatro oportunidades: Medellín, Trujillo e Talayela que não têm igreja, sendo que em Talayuela, quase a metade da população é constituída de Islâmicos. Também cantamos em Don Benito, nossa cidade. Agora estamos preparando um concerto de Natal para a cidade de Villafranca, conhecida como a cidade da Música. Agradecemos a Deus por abrir as portas.

Quanto à nossa Família, a Maíra continua lutando com os estudos e está animada com as atividades de jovens. Tem buscado testemunhar a suas amigas, o que representa uma grande luta. Sente bastante solidão com a saída do irmão, tanto em casa como na igreja. Estamos orando por ela e por suas amigas. O Mateus, bem cuidado pela família do Pastor Walter e Sueli, está bem. Pouco a pouco ganha entrosamento com os colegas universitários e está intensificando seu envolvimento com a GBU (Grupo Bíblico Universitário). Participou do acampamento oficial de abertura do ano letivo, onde tocou no louvor e tem participado semanalmente das reuniões do grupo de seu campus. Ambos continuam participando do Coro Gospel.

Saúde:

Contamos com suas orações. ''Falando em consultório médico...'' O Colesterol da  Tirza alcançou novo record (até o médico se assustou) e suas enxaquecas têm sido freqüentes. O problema de refluxo gastro-exofágico do Dirceu tem provocado muita ansiedade e tem sido acompanhado pelo médico. O Mateus está incluído no grupo de risco das gripes por seus problemas respiratórios e a Maíra está esperando um exame de ressonância magnética para saber como tratar suas dores de joelho.

Queremos compartilhar algo mais: Temos vivido um tempo difícil depois que duas famílias deixaram nossa igreja para começar um novo ministério ligado a uma igreja de seu país de origem, da chamada linha apostólica. Ainda que não tenhamos vivido nenhum conflito, pois estavam conosco até o dia em que nos comunicaram a decisão em meio a elogios e agradecimentos, a dor é inevitável e as conseqüências para uma pequena igreja são fortes.

Esse ''fenômeno'' se deve principalmente a que muitos obreiros e pastores, quando chegam a Espanha, começam a visitar as igrejas da cidade e como estão sem uma perspectiva ministerial a curto prazo, se fixam em uma delas. Quando desejam iniciar seu próprio ministério, se afastam e iniciam sua obra, deixando uma sensação amarga na boca daqueles que os receberam tão carinhosamente.

Essa triste realidade não trouxe sofrimento somente nossa igreja. Em nossa região já contabilizamos outros quatro fatos semelhantes, sendo que em uma igreja em particular já saíram dois grupos e sua freqüência que passava de 100 agora é inferior a 40. Enquanto isso, 600 povoados em Extremadura não têm testemunho cristão evangélico.

Há seis anos éramos a única igreja evangélica na cidade (excetuando as igrejas de etnia cigana) e agora somos quatro igrejas (uma delas tem sua sede na cidade vizinha mas trabalha também em Don Benito). Se encontramos algum consolo em meio a nossa tristeza, é de que nosso ministério tem aberto portas para o crescimento da obra na cidade. Destacamos que sempre estivemos colaborando com a obra na região, inclusive com uma das igreja ciganas da cidade.

Assim, queridos, necessitávamos compartilhar essa luta em particular e por isso nos alongamos um pouco. Nosso ânimo continua intenso, e os desgastes não tiram de nós a certeza da necessidade de continuar testemunhado do evangelho e apoiando a obra em geral.

Louvamos a Deus pelo carinho que recebemos de cada um, seja nas orações, no apoio financeiro, nas cartas e e-mails. Reiteramos que contamos sempre com suas orações e de nossa parte, sempre agradecemos ao Senhor pela existência de cada um dos queridos.

Que o Senhor os abençoe.

Em Cristo,

Escrito por Dirceu e Tirza

veja também