Ricardo Rossi divulga trabalho da ADRA na Casa Cor

Ricardo Rossi divulga trabalho da ADRA na Casa Cor

Atualizado: Quinta-feira, 9 Junho de 2011 as 11:36

Ricardo Rossi é um arquiteto muito conhecido, tem mais de 20 anos de carreira e muitos projetos no currículo. Este ano ele participa da Casa Cor, que completa 25 anos, é o maior evento de arquitetura e decoração das Américas, além de ser o segundo maior do mundo. O espaço de Rossi dentro da Casa Cor chama-se Loft Green Tech e teve como objetivo atingir um alto nível de sustentabilidade com um mínimo de impacto ambiental. Além de inteligente, o espaço tem fácil manutenção, pouco gasto de água e energia, construção limpa, madeira certificada, conseguindo reunir redução, reciclagem e doação.

O arquiteto é adventista e sempre procura divulgar a instituição por intermédio dos seus projetos. Um exemplo foi na Casa Cor de 2009, onde ele criou uma capela auditório. Na ocasião, ele fez questão de marcar o espaço como uma capela cristã e não ecumênica, por isso pediu para a artista plástica Bia Dória fazer uma cruz. O local fez muito sucesso e teve como objetivo promover paz e tranquiilidade aos visitantes.

Neste ano, Rossi está homenageando a ADRA pelo trabalho que faz no mundo e também a fundadora da Green Building Council Brasil (GBC Brasil), Thassanee Wanick. Ela também é consulesa da Tailândia e luta para trazer inovação em Tecnologia Verde, Design Interior/ Exterior, e métodos de construção sustentável e responsável. Thassane também é a criadora do projeto One dregree less (Um grau a menos), que tem como objetivo reduzir a temperatura do planeta pintando os telhados de branco.

O arquiteto afirma que este ano a ADRA foi homenageada, porque tem tudo a ver com sustentabilidade, com socorro às tragédias e outras ações que beneficiam as pessoas e o planeta. Valter Araujo – diretor da ADRA na Associação Paulistana – esteve na Casa Cor, visitou o Loft Green Tech e teve a oportunidade de conhecer Thassanee Wanick. Para ele, foi uma oportunidade de dar visibilidade às ações da ADRA e uma forma de conseguir parcerias sustentáveis para os projetos que são realizados. “Quando um profissional como o Ricardo Rossi oferece uma oportunidade como esta, nós aproveitamos com a maior rapidez possível, para podermos alcançar novos horizontes e ajudar mais pessoas, seja por meio do desenvolvimento, seja pelo atendimento e alívio em emergências”, disse o líder da ADRA.

veja também