Seminário Batista na Ucrânia se transforma em abrigo humanitário

Alunos e professores já acolheram mais de 4 mil refugiados na instituição em Lviv.

Fonte: Guiame, com informações de International Mission BoardAtualizado: quinta-feira, 24 de março de 2022 14:07
O Seminário Batista Ucraniano já acolheu mais de 4 mil refugiados. (Foto: Reprodução/Ukrainian Baptist Theological Seminary).
O Seminário Batista Ucraniano já acolheu mais de 4 mil refugiados. (Foto: Reprodução/Ukrainian Baptist Theological Seminary).

Com a invasão russa no território ucraniano, o Seminário Teológico Batista da Ucrânia se transformou em um abrigo humanitário, e alunos, professores e funcionários têm acolhido centenas de refugiados em Lviv.

O seminário, localizado a cerca de 3 km do aeroporto e a 69 km da fronteira com a Polônia, que antes recebia estudantes de teologia, abriu as portas para moradores locais e ucranianos de outras cidades. 

As salas de aulas se tornaram dormitórios para 4.150 pessoas, que passaram a conviver com os sons das sirenes de alerta de possíveis ataques aéreos todos os dias. 

O presidente do Seminário Batista Yaroslav Pyzh relatou que, na última sexta-feira (18), viu da janela do seminário a região do aeroporto de Lviv ser atingida por mísseis russos, formando colunas de fumaça escura. 

“Vinte e três dias de guerra [e] infelizmente hoje Lviv foi bombardeada. Foi a primeira vez na minha vida que vi mísseis de cruzeiro explodindo. Eu tenho que admitir, isso foi estranho e assustador”, disse Pyzh em um comunicado em vídeo.

O seminário também está ajudando ucranianos a escapar da guerra e a se refugiar na Polônia. Cerca de 3 mil pessoas já foram retiradas do país, em parceria com organizações batistas polonesas. 

Depois do bombardeio de sexta-feira, o número de refugiados aumentou e a operação de retirada se intensificou. “Decidimos evacuar nossas mulheres e crianças. Temos parceiros na Polônia que estão nos ajudando a encontrar um lugar para nossas famílias”, contou Pyzh ao International Mission Board. 

Ao chegarem na Polônia, os refugiados são recebidos por organizações de ajuda batista, como a International Mission Board, que doam suprimentos para suas necessidades imediatas.


O Seminário Batista Ucraniano já acolheu mais de 4 mil refugiados. (Foto: Ukrainian Baptist Theological Seminary).

Segundo Yaroslav Pyzh, com o apoio do ministério de compaixão batista do sul Send Relief, o seminário também tem enviado suprimentos para outras cidades na Ucrânia, onde a necessidade é maior e nem todos moradores podem evacuar. Nesta ação de ajuda, mais de 8 mil ucranianos foram auxiliados.

“Com a ajuda de tantas pessoas que provavelmente nunca conhecerei, podemos atender aqueles que estão em grande necessidade. Gostaria de agradecer por suas orações e por compartilhar conosco esse fardo”, declarou Pyzh.

Em 2014, o Seminário Teológico Ucraniano também abrigou refugiados internos que fugiram para Lviv, após perderem suas casas em ataques de forças russas. 

O presidente Yaroslav diz que está orando por um milagre e que ele e os voluntários do seminário começam cada dia de trabalho como se fossem o último, porque não sabem quando a guerra irá terminar.

“Todos os dias temos fé suficiente para continuar fazendo o que estamos fazendo. Deus renova essa fé todos os dias. A razão pela qual temos força é porque conhecemos Sua fidelidade”, testemunhou Pyzh.

De acordo com a agência de migração da ONU, quase 6,5 milhões de pessoas foram deslocadas dentro da Ucrânia e 3,5 milhões já fugiram do país.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições