Trabalho voluntário e estágio motivam missionários

Trabalho voluntário e estágio motivam missionários

Atualizado: Sexta-feira, 20 Maio de 2011 as 11:35

Há três semanas no Instituto Adventista Brasil Central (IABC), os missionários voluntários do projeto Missão Total já estão vivendo as mudanças em suas respectivas vidas no sentido espiritual, emocional e até mesmo físico. Os missionários estão participando da Escola dos Profetas e vivendo o estilo de vida do internato, eles foram divididos em grupos para cooperarem com o trabalho voluntário na instituição. São três grupos que estão auxiliando na cozinha, limpeza e produção de uma horta no IABC.

Além do trabalho, os jovens estão tendo aulas sobre missiologia, o que envolve estudos sobre o Espírito de Profecia, evangelismo para famílias, atuação, conhecimento bíblico a respeito do Espírito Santo, entre outros.

O conhecimento adquirido em sala de aula é colocado em prática durante o final de semana quando os missionários colaboram com as atividades das igrejas que fazem parte do distrito do IABC, entre essas igrejas estão as dos municípios de Planalmira, Cocalzinho, Corumbá de Goiás e Pirenópolis.

Com as aulas e os estágios nas igrejas, os missionários já estão aprendendo grandes lições de vida. É o caso do estudante de Publicidade e Propaganda, Jocimar dos Santos Costa, que trancou a faculdade e saiu do trabalho para se dedicar à missão. “Aprendi que nossa igreja necessita de jovens para levar a mensagem da volta de Jesus, também pude aprender como lidar com pessoas com estilo de vida bem diferente da minha”, afirmou o missionário de 21 anos de idade.

Para o estudante Elias Benevides Gonzaga, atender o chamado de Deus é um dom que só pode ser desenvolvido dia-a-dia em uma comunhão com Deus. “Aprendi que Deus nos chama de várias formas, onde quer você esteja só conseguimos ouvir a voz de Deus quando andamos humildemente com Ele e estabelecemos uma convivência com o Senhor”.

O líder de lar e família da União Centro-Oeste Brasileira (UCOB), pastor Jair Góis, esteve com o grupo de missionários para falar sobre evangelismo para famílias. De acordo com o pastor, o desprendimento e renúncia dos jovens impressionaram. “É incomum encontrar jovens que deixaram a família, faculdade e emprego, isso me chamou a atenção, a dinâmica do projeto também é muito interessante, envolve várias atividades que cobrem todas as necessidades dos jovens, tenho certeza que Deus abençoará ricamente esse projeto”, relatou o pastor.

veja também