Um cristão é morto e 3 ficam feridos após serem atacados na porta da igreja, na Índia

Os cristãos, que representam apenas 2,3% dos 1,3 bilhão de indianos, costumam ser alvo de ataques.

fonte: Guiame, com informações do UCA News

Atualizado: Quinta-feira, 29 Outubro de 2020 as 9:13

: Persecution Relief relata um aumento nos ataques contra cristãos em toda a Índia. (Foto: Reprodução / UCA)
: Persecution Relief relata um aumento nos ataques contra cristãos em toda a Índia. (Foto: Reprodução / UCA)

Um cristão foi morto e três outros ficaram feridos no estado indiano de Punjab, na fronteira com o Paquistão, quando deixavam sua igreja pentecostal em Amritsar, na sexta-feira (23).

Após o ataque na igreja, um cristão foi morto a tiros e três outros ficaram feridos quando saíram do prédio, relata o UCA News. A polícia prendeu três pessoas ligadas ao ataque e está procurando por outras quatro que escaparam, disseram autoridades religiosas.

Os líderes cristãos disseram que havia sete agressores. Dois ficaram fora da igreja mantendo os motores de seus veículos funcionando, aparentemente para se afastar imediatamente após o ataque.

“Quatro pessoas com armadas [com revólveres] entraram na igreja e abriram fogo contra nós. Eu deitei no chão e salvei minha vida”, disse Jaspal Masih, filho do pastor da igreja, ao UCA News.

Os cristãos, que representam apenas 2,3% dos 1,3 bilhão de indianos, costumam ser alvo de ataques.

O último relatório da Persecution Relief, uma organização indiana, mostra um aumento nos ataques contra cristãos em todo o país: 157 casos de perseguição, incluindo quatro assassinatos, foram registrados contra cristãos no terceiro trimestre deste ano.

O relatório lista ataques físicos dirigidos até mesmo a mulheres, falsas queixas, boicotes sociais, ataques a igrejas, prisões ilegais e detenção de cristãos.

Desde o início de 2020, dez cristãos foram mortos no país.

veja também