Universidade cristã doou 38.7 milhões de refeições a famílias durante a pandemia nos EUA

Filiada a convenções batistas no Texas, a Universidade Baylor se firmou parcerias com outros programas para atender a famílias necessitadas durante a pandemia.

fonte: Guiame, com informações da Baptist News Global

Atualizado: Sexta-feira, 11 Dezembro de 2020 as 9:44

Voluntários entregam refeições por meio do programa organizado pela Universidade Baylor e seus parceiros. (Foto: U.S. Department of Agriculture / Domínio Público)
Voluntários entregam refeições por meio do programa organizado pela Universidade Baylor e seus parceiros. (Foto: U.S. Department of Agriculture / Domínio Público)

O programa ‘Collaborate on Hunger and Poverty’, da Universidade Baylor, entregou pelo menos 38,7 milhões de refeições a mais de 270.000 crianças necessitadas durante os meses de pandemia do coronavírus, segundo relatos da agência ‘Baptist News Global’. A instituição de ensino é filiada à Convenção Batista Geral do Texas e à Convenção Batista do Sul.

As refeições foram entregues a famílias dos Estados Unidos entre os meses de março e agosto de 2020, quando os bloqueios foram mais rígidos e muitas pessoas ficaram desempregadas, devido ao fato de seus empregos serem considerados "não essenciais" por vários governos estaduais no país.

O diretor executivo do programa, Jeremy Everett, disse à ‘Baptist News Global’ que decidiu fazer uma parceria coletiva em vez de organizar a iniciativa sozinho, porque "a fome e a pobreza são grandes demais para qualquer organização resolver sozinha”.

“Isso exigirá que os nossos melhores e mais brilhantes líderes e nossos ativistas mais engajados e igrejas e organizações sem fins lucrativos estejam juntos para abordar a questão", afirmou.

De acordo com um comunicado da Universidade Baylor à imprensa, o programa ‘Collaborate on Hunger and Poverty’ é uma parceria com o Departamento de Agricultura dos EUA e a PepsiCo, além de outras grandes organizações públicas e privadas. E essas parcerias realmente valeram a pena, pois essas refeições foram para mais de 127.000 famílias.

Como Everett afirmou, "nesta época sem precedentes de tanta necessidade, as crianças das áreas rurais podem estar entre as mais vulneráveis. Sem acesso a programas de merenda escolar, transporte público e outros recursos, as famílias de algumas das comunidades mais atingidas do país ficaram lutando para encontrar maneiras de substituir os recursos de refeições tão necessários. A parceria entre o programa e o Departamento de Agricultura e seus parceiros atendeu a essa necessidade de mais de 127.700 famílias em todo o país, já que nossa entrega de refeições trouxe recursos direto para a porta da casa delas".

De acordo com o comunicado, o programa existe para pesquisar e fornecer novas soluções para os problemas da fome. Trabalha principalmente com a "Texas Hunger Initiative”, com o projeto “Global Hunger and Migration” e o recém-lançado “Hunger Data Lab".

De acordo com o comunicado, “acadêmicos colaborativos realizam pesquisas interdisciplinares sobre a fome e a pobreza com relevância local, estadual, nacional e global”, além da distribuição de alimentos.

veja também