Vidas transformadas no Deserto do Atacama

Vidas transformadas no Deserto do Atacama

Atualizado: Quinta-feira, 24 Novembro de 2011 as 11:44

O casal missionário Pr. Claudinei e Priscila Godoi enfrentam situações extremas para anunciar o Evangelho às comunidades isoladas do deserto do Atacama, na localidade de Arica, no Chile. Os missionários caminham à beira de precipícios e enfrentam mudanças bruscas de temperatura. Mas apesar da aridez do deserto, eles têm visto beleza, e isso os encoraja a prosseguir anunciando Cristo naquele lugar.

Em Arica, um senhor chamado Paulo tem impressionado os obreiros por sua sinceridade e desejo de ser tocado por Deus. Paulo era uma pessoa rancorosa e que não conseguia segurar seus impulsos quando se sentia ofendido. Hoje é uma nova pessoa.

?As visitas me fazem bem, tocam o meu coração e sou confrontado com a verdade da Palavra de Deus?, disse Paulo, por quem os missionários pedem oração.

O casal também conta o caso de Anita, crente em Jesus Cristo, mas que luta para sobreviver. Ela mora com o marido e os dois filhos em uma casa simples, com duas horas de energia elétrica por dia e pouca comida na geladeira.

?Deus nos escolheu não apenas para sermos recebedores de sua graça, mas para levá-la a outras pessoas?, diz o missionário. ?Não posso acumular o consolo e os benefícios que recebi como uma espécie de relíquia espiritual, pois fomos chamados para compartilhar o que recebemos?, acrescenta.

Os missionários também pedem oração pela irmã Ruth, da Igreja do vale de Caleta Vitor. Ruth tem um problema de saúde que, se não for tratado, pode matá-la. Seu estado emocional é frágil e ela chora facilmente.

?Interceda por Ruth e sua família, mas também por Rojelio e Zita, missionários locais, pois com grande sacrifício e dedicação, estão sempre ao lado dos camponeses e sofrem com eles suas angústias?, conta o Pr. Claudinei.

Nesta semana, a missionária Priscila Godoi recebeu a notícia do falecimento de seu pai, o irmão Arvido Karklis, homem temente a Deus e que se empenhou arduamente na expansão do Evangelho.

?Sentimos sua falta, contudo ficam o grande exemplo e as memórias dos preciosos dias de outrora?, lamenta o Pr. Claudinei. ?Devemos caminhar firmes nos propósitos de Deus, certos de que a bênção de Cristo se faz presente quando somos privados daqueles que amamos?, acrescenta.

O Pr. Claudinei pede oração por sua esposa e familiares, para que Deus conforte seus corações.    

veja também