Voluntários do projeto Radical Amazônia contam um pouco do que já vivenciaram na região

Experiências marcam voluntários do projeto Radical Amazônia

Atualizado: Terça-feira, 7 Fevereiro de 2012 as 11:13

Há pouco mais de três semanas entre os ribeirinhos, voluntários do projeto Radical Amazônia contam um pouco do que já vivenciaram na região. Apesar da saudade da família e amigos, tem sido um momento de grandes descobertas em meio a caminhadas pela mata, visitas nos lares e outras atividades.

O contato com os irmãos ribeirinhos tem fortalecido a fé dos recém-chegados ao território amazonense.  Uma das histórias que mais impressionaram os voluntários foi a do senhor Nicanor que, apesar da idade e das doenças que sofre, vence os desafios da floresta para cultuar a Deus na igreja. "Ficamos impressionados com o exemplo de fé do senhor Nicanor e de dona Maria. Os dois fazem um trajeto de 40min de caminhada por uma trilha que corta a floresta só para participar da celebração da igreja", disse pr. Rafael Migowski. "Eu achava que precisava de coisas para ser feliz, até que conheci o senhor Nicanor. Eu podia sentir a fé daquele homem", disse outro voluntário, emocionado.

Um momento precioso para os radicais foi o encontro com participantes de turmas anteriores. Durante um período de celebração, eles trocaram experiências - relatando casos de doenças, privações e perseguições -  e deram palavras de encorajamento. 

O projeto Radical Amazônia está em sua quarta edição. Ao longo da formação de voluntários e plantação de igrejas, espera-se alcançar as cerca de 24 milhões de pessoas distribuídas em 775 municípios, segundo informações do IBGE.

veja também