Voluntários evangelizam esposa de traficante paraíbano

Voluntários evangelizam esposa de traficante paraíbano

Atualizado: Terça-feira, 27 Julho de 2010 as 12:06

Dezenas de casas já foram recenseadas e estudos bíblicos iniciados no bairro Santa Rosa, em Campina Grande (PB). Para a glória de Deus,  10 vidas já se decidiram por Cristo. Nesse bairro, o tráfico de drogas tem predominado, mas os voluntários estão abrindo caminho para um novo futuro na localidade. Um dos traficantes que regulam o movimento de drogas, entrada e saída de pessoas, já consentiu a jornada da Trans e, pela ação do Espírito Santo, a esposa dele está participando do estudo bíblico ministrado por voluntários.

A Trans Paraíba começou no dia 12 de julho. A mobilização missionária está sendo realizada pela JMN em parceria com a Convenção Batista Paraibana. Mais de 160 voluntários participam das ações da Trans, maior evento evangelístico dos batistas no estado. Divididos em 18 equipes, eles estão atuando nas seguintes localidades: Cajazeiras, São José de Piranhas, São João do Rio do Peixe, Souza, Mato Grosso, Pilõesinhos, Queimadas, Cabaceiras, Lagoa Seca, Boa vista, Chico Mendes, Novo Cruzeiro, Santa Rosa, José Pinheiro, Malvinas em Campina Grande, Mário Andreazza em Bayeux, Alto do Mateus e Bairro dos Estados, em João Pessoa. O trabalho de evangelização termina nessa quarta-feira e, na quinta-feira, acontece o Culto da Vitória, com a participação do diretor executivo da JMN, pr. Fernando Brandão.

 "Convocamos todos os batistas paraibanos para se juntarem a nós nessa grande obra. Queremos também agradecer à Jubalit, na pessoa de Héber, pelo apoio com uma caravana que esteve conosco no treinamento, bem como à Primeira Igreja Batista de Cabedelo que cedeu seus membros para a cozinha fazendo deliciosas comidas e ainda deixou a Kombi à nossa disposição para pegar os voluntários na rodoviária e no aeroporto. Sabemos que estamos juntos nessa obra", conclui pr. Eli Guilherme, secretário de Evangelismo da CB Paraibana.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também