Voluntários têm a missão de plantar igrejas entre os ribeirinhos

Voluntários têm a missão de plantar igrejas entre os ribeirinhos

Atualizado: Terça-feira, 12 Julho de 2011 as 12:34

Dos grandes centros urbanos à selva amazônica. Para o projeto Radical Brasil, não há fronteiras quando se trata de levar a mensagem do evangelho aos brasileiros. No início de julho, outro grupo de radicais foi enviado para a plantação de novas igrejas batistas, dessa vez entre os ribeirinhos. Conhecidos como Radicais Amazônia, seis voluntários atuarão em três comunidades, enfrentando desafios espirituais e a  falta de infra-estrutura típica de regiões remotas da bacia amazônica.

É preciso ter coragem para radicalizar. Já no treinamento, os voluntários são capacitados em missiologia, plantação de igrejas, histórias bíblicas, e sobrevivência na selva. A fase preparatória do projeto conta com o apoio do Exército Brasileiro, por meio do Centro de Instrução de Guerra na Selva. Durante um mês, os voluntários passam por um estágio rigoroso, onde aprendem técnicas de primeiros socorros, ofidismo, orientação na selva, etc. A ideia é que cada voluntário faça missões e seja capaz de se adequar ao estilo de vida dos ribeirinhos, sabendo pescar, pilotar canoa, entre outras atividades.

Para os que se interessaram, a boa notícia é que, em outubro desse ano, Missões Nacionais abrirá mais uma turma de Radicais Amazônia. O projeto terá duração de 1 ano. Para participar, é necessário levantar o valor de R$ 300,00 para custear seu sustento no período das atividades.

Para outras informações, entre em contato com o coordenador do projeto, pr. Donaldo Santos, através do e-mail [email protected] .  

veja também