Voluntários visitam campo da APMT no Paraguai

Voluntários visitam campo da APMT no Paraguai

Atualizado: Sexta-feira, 25 Novembro de 2011 as 10:42

Um grupo de  Voluntário, viajam até o Paraguai pela terceira vez consecutiva. A viagem ocorreu do dia 7 a 12 de outubro na cidade de Concepción. Esta viagem foi marcada pelo estreitamento dos vínculos de amizade.

"Fazer o bem faz bem" é o slogan do projeto de voluntariado do Mackenzie no ano 2011 que reúne profissionais, professores, alunos, ex-alunos, familiares, amigos e colaboradores que desejam ajudar comunidades carentes.

O Projeto "Educação Além Fronteiras" nasceu no coração do Rev. Dídimo Freitas, capelão da Universidade Presbiteriana Mackenzie – Tamboré, depois de visitar o campo na cidade de Concepción, Paraguai – que fica a 212km. da fronteira com Ponta Porã, MS. O capelão ficou comovido com a situação precária e com as dificuldades que a igreja e a escola CEP – Centro Educacional Presbiteriano –  estavam passando.

Desde 2009, no mês de outubro, um grupo de voluntários liderado pelo Rev. Dídimo tem visitado a cidade com o dever cristão de ajudar através de recursos financeiros, serviços profissionais e trabalhos braçais. Os voluntários colaboraram com a pintura das paredes da igreja e da escola, na organização da biblioteca, doação de livros em espanhol, organização da escola (administração, secretaria, quadra esportiva e outros), e até na faxina.

Diferente das duas primeiras viagens, esse ano um dos objetivos atingidos foi uma maior interação dos brasileiros com os paraguaios e o mútuo aprendizado sócio-cultural.

Foram 32 voluntários, dentre eles duas médicas, um dentista, uma fisioterapeuta, uma psicóloga, estudantes do ensino médio e universitários, professores de Educação Física, pastores e duas voluntárias da Igreja Presbiteriana de Ponta Porã, MS.

Os atendimentos na área da saúde ocorreram no templo da igreja. A maioria do grupo de voluntários se deslocou para o CEP. Os alunos e professores prepararam apresentações folclóricas. Também foram realizadas gincanas no Ginásio local, o que proporcionou momentos muito agradáveis de confraternização.

O Rev. Didimo, que visita a cidade desde 2008, manifestou que o progresso nestes últimos anos é perceptível e comentou "A primeira vez que visitamos a Igreja e a Escola verificamos muita carência e desânimo. Nesse ano, além das melhorias materiais, encontramos as pessoas mais animadas e um acréscimo no número de alunos da Escola e de frequentadores da Igreja”.

De acordo com o Rev. Dídimo, o desafio é continuar com o Mackenzie Voluntário anual em Concepción e expandir para outras regiões. Estabelecer Convênios entre as Escolas da IPP (Iglesia Presbiteriana en el Paraguay) com a Anep (Associação Nacional de Escolas Presbiterianas) /Mackenzie e entre a IPP e a IPB (Igreja Presbiteriana do Brasil), com o apoio do CRIE (Comissão de Relações Inter-Eclesiásticas).

Para os professores e alunos do CEP, como também para a igreja local, a presença do Mackenzie Voluntario é muito importante porque, não só fortalece o nome da instituição, mas também ajuda as pessoas necessitadas. A diretora Clotilde Ribeiros destacou: “Foi muito emotivo o tempo que passamos com o grupo, principalmente com o Rev. Dídimo. Notamos que ele nos ama muito e que o esforço que ele faz só pode ser por amor. Rogamos a Deus que possam se concretizar os projetos futuro”.

"Voltamos ao Brasil com os corações apertados, laços foram feitos, amizades construídas, o Amor de Deus se derramou e em nós prevalece o pensamento que o projeto precisa continuar! Em 2012 ocorrerá novamente e esperamos a ajuda de todos, seja em orações, contribuições financeiras e afetivas" comentou Patrícia Emerick Gomes uma das integrantes do grupo de voluntários .

O Rev. Didimo destacou a importância do Mackenzie Voluntário, seja neste projeto ou em outros realizados nas várias cidades espalhadas pelo Brasil, e concluiu dizendo "Deixo a mesma motivação que tem sido a dos Voluntários que até agora têm se envolvido com O Projeto Paraguai, “sede firmes, inabaláveis e abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é em vão”(1 Co 15.58)

Segundo o Rev. Dídimo, aquele que tiver interesse em envolver-se com esse projeto, precisa, primeiramente, de disposição, oração e levantamento dos recursos, além de se preparar para a viagem que será realizada no mês de outubro de 2012.   Via Portal Presbiteriano

veja também