175 presos batizados nas águas na Paraíba

175 presos batizados nas águas na Paraíba

Atualizado: Terça-feira, 16 Março de 2010 as 12

Em 2008 e 2009, cerca de 600 presos foram batizados nas águas graça ao trabalho desenvolvido pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em presídios na Paraíba. No ano de 2010, os números são muito satisfatórios: até agora 175 pessoas já se batizaram, entregando suas vidas para o Senhor Jesus.

O trabalho da IURD é realizado em diversos presídios na Paraíba. Várias pessoas têm testemunhado o poder de Deus em suas vidas, como conta o presidiário Expedito Marçal da Silva, 34 anos. Ele declarou que, através do trabalho da Igreja Universal do Reino de Deus, foi encontrando forças para vencer os piores vícios que já teve: as drogas e o cigarro.

Expedito afirma que, mesmo antes de ser preso, já tentava abandonar tais vícios, porém nunca encontrou forças suficientes. Ele chegou a tentar alguns tipos de tratamento, mas em vão. ''Foi através do trabalho realizado pela IURD que encontrei forças para vencer este maldito vício. Hoje, agradeço a Deus e à Igreja Universal, e como prova de gratidão entrego a minha vida a Ele através do batismo nas águas, porque Deus passou a operar na minha vida'', declarou.

Caso semelhante aconteceu na vida de José Roberto dos Santos Pontes, 34 anos. Ele se batizou e afirma que através do trabalho da IURD no presídio, das correntes de orações e da aceitação da Palavra de Deus obteve mudança em sua vida espiritual. José conquistou a felicidade no casamento e apoio da família, que agora passou a visitá-lo. Além disso, ele recebe assistência jurídica, que antes não tinha. Deus lhe enviou uma advogada, que obteve vitória no Tribunal, passando a ter o direito a mudança do regime fechado para o aberto. ''Em breve estarei em regime aberto, pois Deus esta abrindo as portas para mim'', concluiu.

O pastor Leandro Queiroz, responsável pelo trabalho evangelístico e pastoral do Estado da Paraíba, tem se empenhado neste trabalho, incentivando os membros do Templo Maior a participarem através de doações de literaturas evangélicas como livros, Bíblias, o jornal Folha Universal e kits de higiene pessoal, o que contribuiu para a ressocialização de muitos apenados e a conversão ao Senhor Jesus.

O Templo Maior de João Pessoa fica na Avenida Presidente Epitácio Pessoa, n° 2000, Expedicionários. (TA)

veja também