45 mil celebram o Dia do Jovem Adventista no centro de São Paulo

45 mil celebram o Dia do Jovem Adventista no centro de São Paulo

Atualizado: Terça-feira, 21 Setembro de 2010 as 10:26

Cerca de 45 mil pessoas, segundo o Departamento de Controle do Uso de Imóveis (Contru), participaram do Celebra São Paulo. O evento realizado no sábado (18), das 17 às 18h40, no Vale do Anhangabaú, comemorou o Dia Estadual do Jovem Adventista. A religião enfatiza o breve retorno de Jesus e a guarda do sábado bíblico (Êxodo 20:8).

De acordo com os organizadores, foram arrecadadas 5,5 toneladas de alimentos. Programas semelhantes aconteceram em outras regiões, também comemorando o Dia do Jovem Adventista. No Rio de Janeiro, 36 mil pessoas se reuniram no Maracanãzinho, na sexta (17) e no sábado (18), para celebrar a data.

Dia do Jovem Adventista

Em 19 de setembro de 2005 entrou em vigor no Estado de São Paulo a lei que instituiu o Dia Estadual do Jovem Adventista, sempre comemorado no terceiro sábado de setembro. No dia 17 de setembro de 2005, o então governador, Geraldo Alckmin, sancionou o Projeto de Lei Nº 445.

Celebração da Esperança

“Oh, que esperança, vibra em nosso ser, pois aguardamos o Senhor”. Esta é a frase inicial da música que abriu o evento, que também comemorou os 150 anos do nome “Igreja Adventista do 7º Dia”. A canção, de Wayne Hooper (1920-2007), reflete o centro da mensagem dos cerca de 17 milhões de fiéis espalhados ao redor do mundo. Os adventistas do sétimo dia, com base em estudos bíblicos, esperam a iminente volta de Cristo.

Visitas Internacionais

Integrar, reavivar a fé e comemorar o Dia do Jovem Adventista. Este foi o objetivo do Celebra São Paulo, segundo o presidente da Igreja Adventista no Estado de São Paulo, Domingos Sousa. Essa integração foi notada no âmbito cultural. Pessoas de várias partes do Brasil e do mundo curtiram a tarde fria (12ºC) de sábado cantando com o quarteto Arautos do Rei, os grupos Reluz Jr., Projet´Art, Som e Louvor, Coral Jovem da Vila Maria, Compasso 4 e com o coral de pastores adventistas do Estado de SP, com mais de 200 vozes. Os coristas fecharam o evento cantando o clássico cristão “Glória, Glória, Aleluia”.

Entre os participantes internacionais esteve a estudante egípcia Ramage Salama, que vive a quase um ano no Brasil. Ramage disse que nunca participou de algo assim em seu país, “nada igual a isso aqui”. No Egito, onde o Islamismo é a religião do Estado, não há liberdade religiosa e manifestações como essa não são permitidas.

De acordo com o peruano Ronald Juan, da comunidade hispânica adventista do bairro da Armênia, SP, o principal objetivo dele e de mais 100 jovens que o acompanhavam, os quais cantaram no encerramento do evento, era dizer às pessoas que “Jesus logo vai voltar”.

Celebra Digital

O Celebra São Paulo também teve tom digital. As assessoras de comunicação Amanda Cabrerizo e Suellen Timm informaram que o evento foi transmitido ao vivo, através do hotsite www.ucb.org.br/celebrasp/ , e comentado pelo twitter (@UCBiasd). Cerca de 200 pessoas acompanharam a comemoração pela web.  

veja também