74% dos brasileiros entre 16 e 64 anos não serão alcançados pela Bíblia impressa. SBB lança campanha

74% dos brasileiros entre 16 e 64 anos não serão alcançados pela Bíblia impressa. SBB lança campanha

Atualizado: Domingo, 29 Novembro de 2009 as 12

No title Pelo segundo ano consecutivo, a megacampanha da SBB, "É tempo de ouvir a Palavra de Deus", será tema das comemorações do Dia da Bíblia. Lançada em maio, a iniciativa reforça a importância de se reservar um tempo diário de comunhão com a Palavra de Deus, por meio da audição da mensagem bíblica. "O Dia da Bíblia é uma excelente ocasião para destacar a importância de se ouvir, ler e praticar os ensinamentos sagrados", observa Erní Seibert, secretário de Comunicação e Ação Social da SBB, enfatizando que o objetivo da SBB é, com o apoio das igrejas cristãs, fazer com que a Bíblia Sagrada tenha relevância na vida dos brasileiros.

Celebrada no segundo domingo de dezembro e durante toda a semana que a precede, a data é uma ocasião especial para que a campanha ganhe ainda mais adeptos, em todo o país. De acordo com o balanço inicial, nos quatro primeiros meses foram formados mais de 1,3 mil grupos de audição do Novo Testamento. Para atender a essa demanda, foram distribuídos mais de 3,8 mil exemplares do Novo Testamento em MP3, nas traduções Almeida Revista e Atualizada (RA) e Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH).

Com a meta ambiciosa de fazer com que 10 milhões de pessoas ouçam o Novo Testamento, a campanha depende da adesão de todos aqueles que acreditam no poder transformador do Livro Sagrado. "Ao ouvir a Palavra de Deus, as pessoas são despertadas para a leitura e entendem melhor o que está escrito na Bíblia. Depois de ouvir o texto bíblico, cada grupo discute sua mensagem. E muitos se sentem incentivados a continuar ouvindo no ambiente familiar e de trabalho", relata Seibert.

Durante a Semana da Bíblia, a expectativa é que as igrejas estimulem a formação de grupos de audição e informem que é possível iniciar um grupo em diferentes localidades: em casa, nos hospitais, em presídios e nas escolas, entre outros locais. As igrejas que desejarem participar da campanha ou incluir alguma ação na programação do Dia da Bíblia podem fazer contato pelo e-mail [email protected] ou pelo site www.tempodeouvir.org.br 

Mobilização nacional

Pesquisas apontam que 74% dos brasileiros entre 16 e 64 anos não serão alcançados pela Bíblia no formato impresso porque não sabem ler ou porque entendem muito pouco do que leem. Outro dado impressionante, divulgado em 2008 pelo Instituto Pró-Livro, revela que a Bíblia, embora seja o livro preferido dos leitores brasileiros, é lida com frequência por menos de 2,5% da população do país. A campanha É tempo de ouvir a Palavra de Deus pretende justamente alcançar uma parcela dessa população, tendo como base o versículo 17, do capítulo 10 do livro de Romanos - Portanto, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem vem por meio da pregação a respeito de Cristo.

Além de estar alicerçada na Bíblia Sagrada, a campanha tem como pilares aspectos que resultam em benefícios culturais, sociais e relacionados ao conteúdo bíblico. Na área cultural, pode-se destacar que ouvir é um estímulo à leitura, favorece o aprendizado, enriquece o repertório cultural e estimula a alfabetização. Promove, ainda, o resgate da arte milenar de se contar e ouvir histórias que, por muitos séculos, foi responsável pela transmissão da cultura e informação e, até hoje, é praticada em todo o mundo. Como benefício social, a audição de um texto em grupo favorece a socialização do indivíduo e estimula a construção de relacionamentos.

"No que se refere à mensagem bíblica, a leitura e audição das Escrituras estimulam o fortalecimento de valores éticos e morais, além dos sociais, como amor ao próximo e a preservação do meio ambiente. A Bíblia Sagrada é também um livro histórico, de leitura obrigatória àqueles que querem compreender a formação da civilização ocidental, além de reunir vários estilos literários, sendo importante fonte para o conhecimento da Literatura", observa o secretário de Comunicação e Ação Social da SBB.

Confira as principais características das gravações utilizadas durante a campanha:

?   Novo Testamento na tradução de Almeida Revista e Atualizada - Em formato MP3, contém a íntegra do Novo Testamento narrado e dramatizado. São 22 horas de gravação reunidas em um único CD-ROM. A locução do texto bíblico contou com a participação de mais de 40 atores, que deram vida aos personagens bíblicos, conferindo emoção à narrativa. Para acompanhar a locução, foram produzidos efeitos especiais e uma trilha sonora em sintonia com cada passagem bíblica.

?   Novo estamento na Nova Tradução na Linguagem de Hoje - Em formato MP3, contém todo o texto do Novo Testamento narrado por Cid Moreira, em gravação inédita. São 30 horas de gravação reunidas em dois CD-ROMs. Tem linguagem de fácil compreensão e trilha sonora exclusiva.

?   A Sociedade Bíblica do Brasil é uma entidade sem fins lucrativos, de natureza religiosa, social e cultural. Sua finalidade é traduzir, produzir e distribuir a Bíblia, um bem de valor inestimável, que deve ser disponibilizado a todas as pessoas. Além disso, por seu caráter social, desenvolve programas com o objetivo de promover o desenvolvimento espiritual, ético e social da população brasileira. Fundada em 1948, construiu sua trajetória com base na missão de "difundir a Bíblia e a sua mensagem a todas as pessoas e a todos os grupos sociais, como instrumento de transformação espiritual, de fortalecimento de valores éticos e morais e de incentivo ao desenvolvimento cultural e social". Visando atender à demanda nacional por Bíblias e ampliar a divulgação da mensagem da Palavra de Deus, a SBB, em 1995, implantou, em Barueri (SP), a Gráfica da Bíblia, que se constitui no maior parque gráfico destinado à impressão e encadernação de Bíblias da América Latina.

veja também