A crise de Honduras afeta toda a região, assinala pastor

A crise de Honduras afeta toda a região, assinala pastor

Atualizado: Sexta-feira, 13 Novembro de 2009 as 12

O diretor do Seminário Teológico Batista de Manágua, pastor Walt Morgan, disse que a crise instalada na República de Honduras é deplorável e afeta a todos, governo, instituições, igrejas e sociedade da região.

"A situação de Honduras afeta a unidade centro-americana, o comércio e o livre trânsito pelas fronteiras, além das relações das igrejas em seu intercâmbio teológico e nas jornadas evangélicas comuns", comentou Morgan.

Na próxima semana, decanos das faculdades teológicas da América Latina e do Caribe vão se reunir na Igreja Evangélica Missão Centro-Americana, na Guatemala, quando tratarão como um dos pontos da agenda a crise de Honduras.

O pastor batista Marcelino Basset entende que "nesse momento de crise que destrói a harmonia e o sentido de viver juntos, obriga-nos a pensar e refletir, a partir das Sagradas Escrituras, a tomada de decisões, compromissos e a solidariedade com os atores mais sofridos do povo de Honduras."

Basset revelou que mantêm contatos solidários com a pastora Gloria Dubón, da Comissão de Desenvolvimento Cristão (CDC) e da Igreja Reformada, além de outros ministérios em Tegucigalpa, com o intuito de fortalecer um espírito ecumênico de compromisso profético e solidariedade cristã.

Os docentes e estudantes da Faculdade Evangélica de Estudos Teológicos (FEET) mantêm, também, intercâmbio com as igrejas hondurenhas.

O diretor do Centro Inter-eclesial de Estudos Teológicos e Sociais (CIEETS) e pastor menonita, Jairo Arce, em coordenação com a bacharel Noemí Espinosa, prepara um fórum da Comunidade Cristã Mesoamericana para medir o impacto que a crise hondurenha gerou e propor possíveis soluções.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também