A dor da rejeição

A dor da rejeição

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 1:43

Isaias 60:10. Estrangeiros edificarão os teus muros, e os seus reis te servirão; porque no meu furor te castiguei, mas na minha graça tive misericórdia de ti.

A rejeição tenta nos assaltar quando estamos sob disciplina. Ela faz isto, mesmo quando o castigo veio porque quebramos alguma regra. Gruda em nossas entranhas, caso a disciplina seja longa e intensa.

Para evitar que seu povo fosse possuído por esta praga mortal, Jeová incluiu capítulos como este em um livro repleto de avisos e advertências. Um povo desobediente deve permanecer em alerta vermelho, pois a Ira Divina pode ocorrer a qualquer momento. Pelo andar da carruagem isto parecia inevitável.

Se o povo minguou debaixo do furor de Deus, prosperaria debaixo da sua graça e misericórdia. “no meu furor te castiguei, mas na minha graça tive misericórdia de ti”.

Tudo por causa de uma reforma interior que está prevista para ocorrer no coração do povo. Imediatamente antes da volta de Cristo.

A posição a ser ocupada por Israel no concerto mundial das nações é de total liderança. As mesmas nações diante das quais passou vergonha, resgatarão a sua glória. Serão elas que reconstruirão os seus muros e os enfeitarão.

Agora aplique este mesmo conceito a você. Suas reformas interiores mudarão a sua vida. Aqueles que ficam de fuxico e comentam a sua queda, lhe exaltação e alimentarão a sua glória.

Só Deus é capaz de virar este jogo. Passe a bola para ele.

Ubirajara Crespo  é pastor, escritor, conferencista, editor e diretor da Editora Naós.

Visite o Blog sob Nova Direção -  http://sob-nova-direcao.blogspot.com/

veja também