"A Feira fortalece a imagem de Curitiba", afirma Luciano Ducci

"A Feira fortalece a imagem de Curitiba", afirma Luciano Ducci

Atualizado: Sexta-feira, 11 Junho de 2010 as 4:01

Ele assumiu a tarefa de continuar o trabalho do ex-prefeito de Curitiba (PR) e atual candidato a governador do Paraná, Beto Richa. Assim como o seu antecessor no comando da capital paranaense, Luciano Ducci revelou em entrevista ao Guia-me que reconhece a força da comunidade evangélica como agente social na cidade. Em seu depoimento a ExpoCristo foi lembrada como um dos principais eventos da cidade.

Além de colocar as igrejas evangélicas como ''parceiras'' do poder público, em seu depoimento o atual prefeito também falou sobre a sua relação com Beto Richa, planos a serem cumpridos em 2010 e os investimentos que já estão dando frutos, como a linha verde, os restaurantes populares e as academias ao ar livre, instalados pela cidade.

Confira a entrevista, na íntegra:

Guia-me: Como o senhor vê a comunidade evangélica em Curitiba?

Luciano Ducci: É uma comunidade muito importante para a cidade, que atua fortemente na área social. A Prefeitura conta muito com esta atuação dos evangélicos no trabalho em prol de Curitiba, pois vem de uma comunidade interessada no desenvolvimento, com enfoque na cultura de paz e na valorização das pessoas.

Guia-me: Qual a importância de eventos como a Expocristo?

Luciano Ducci: A feira tem grande importância para a cidade e para as pessoas que participam. É um momento de união, de congraçamento, e que também fortalece a imagem de Curitiba, pois a cidade recebe milhares de visitantes no período da Expocristo. É um dos grandes eventos de Curitiba.

Guia-me: No começo de julho, o senhor completa 100 dias como prefeito de Curitiba. Qual é o balanço deste período na Prefeitura?

Luciano Ducci: O balanço é muito positivo. Conseguimos manter o mesmo ritmo de obras dos últimos cinco anos, que é uma marca da gestão que tive a honra de iniciar com Beto Richa em 2005, como vice-prefeito, e que agora damos continuidade, como prefeito de Curitiba. Continuamos com as obras em todos os bairros e também demos início a obras muito importantes, como as revitalizações das avenidas Toaldo Túlio e Fredolin Wolf, a construção da trincheira Gustavo Rattman e o binário Chile-Guabirotuba, entre outras.

Guia-me: A Linha Verde Norte também deve começar em breve?

Luciano Ducci: Pretendemos dar início às obras ainda neste ano. O processo de licitação internacional para o primeiro lote está em andamento. O primeiro trecho de obras será do Jardim Botânico ao Tarumã, na altura do viaduto da Victor Ferreira do Amaral. Mas a Linha Verde Norte, na verdade, já começou, pois a trincheira da Gustavo Rattman faz parte do projeto.

Guia-me: Esta trincheira era uma obra muito pedida na região?

Luciano Ducci: Sem dúvida. Este ponto importante da cidade, no final da rua Fagundes Varela, se transforma num gargalo de trânsito, pois a passagem do Bacacheri para o Bairro Alto é por meio de semáforos na BR 476, uma verdadeira confusão, cuja melhor solução é a trincheira. Com esta obra, vai melhorar muito o trânsito, com mais rapidez e conforto para os moradores. E depois, com a Linha Verde Norte, todos os bairros da região terão os benefícios desta moderna avenida e corredor de transporte, que já está proporcionando desenvolvimento na região sul, onde a Linha Verde já está funcionando.

Guia-me: Além do trânsito, quais outras obras importantes deste primeiro semestre?

Luciano Ducci: Entregamos dois Restaurantes Populares em bairros, no Sítio Cercado e na divisa CIC / Fazendinha, com almoço a 1 real. Este programa é um sucesso. O Restaurante Popular da praça Rui Barbosa trabalha na capacidade máxima todos os dias. Agora, levamos este programa de alimentação saudável e barata aos bairros. O Pinheirinho e o Boqueirão também terão restaurantes. É um programa que conta com parceria do Governo Federal, que entra com parte dos recursos para a construção. A Prefeitura também investe recursos na construção, no terreno e na manutenção do espaço, pois a refeição é subsidiada pelo Município, pois dificilmente poderíamos oferecer uma refeição de tão boa qualidade por apenas 1 real. A Prefeitura subsidia R$ 2,06 em cada almoço servido.

Guia-me: É um programa de cunho bastante social...

Luciano Ducci: Exatamente, pois oferecemos alimentação saudável para pessoas carentes, além de aposentados, trabalhadores e estudantes. Na verdade, a Prefeitura de Curitiba tem um programa de segurança alimentar que é referência nacional. Além dos restaurantes, temos os Armazéns da Família, que atendem famílias de baixa renda com alimentos e artigos de higiene e limpeza vendidos com preços 30% menores que nos mercados comuns. Em maio, entregamos o Armazém da Família Sabará, na CIC. E a área de abastecimento conta ainda com uma obra importante em andamento, que é a reforma do Mercado Municipal, que vai dobrar de tamanho, ficará mais confortável e se tornará referência em Mercado público.

Guia-me: A cidade também está ganhando diversas academias de ginástica ao ar livre...

Luciano Ducci: Vamos instalar academias em todos os bairros, até o fim do ano, a cidade terá 130 academias. Até junho, foram instaladas 18. São academias gratuitas, com equipamentos de fácil uso, muito recomendada para os idosos. Também estamos construindo o Clube da Gente CIC, com piscinas aquecidas para aulas de natação, como já acontece no Bairro Novo.

Guia-me:O senhor foi vice de Beto Richa por 5 anos. Agora, é o prefeito. Mudou muito o estilo de administração da cidade?

Luciano Ducci: Claro que temos algumas diferenças, pois o Beto Richa é engenheiro, filho de um importante ex-governador, tem uma grande experiência política e uma visão muito ampla das necessidades de infraestrutura urbana de uma cidade. Eu sou médico de carreira da Prefeitura, trabalhei em posto de saúde em bairro, tenho uma visão bastante humanista, conheço a fundo a Prefeitura, seus servidores e seus equipamentos. Nesses 5 anos juntos na Prefeitura, eu e Beto aprendemos muito um com o outro, numa relação de muita sintonia e respeito. Mas, independente de estilos, o que se faz necessário é manter os compromissos que assumimos juntos em 2008 com nosso Plano de Governo, focado na área social, na saúde, na educação e no desenvolvimento da cidade, com atendimento especial aos bairros e sem deixar de fazer as grandes obras, numa gestão sempre em parceria e diálogo com a população.

Guia-me:O senhor dará continuidade às audiências públicas?

Luciano Ducci: Sim, pois o diálogo com a população tem sido uma marca desta administração. Em cinco anos, foram cerca de 300 audiências públicas. Vamos continuar dialogando e fortalecendo ainda mais este diálogo, pois os moradores conhecem as necessidades de cada bairro e seus pedidos e sugestões são muito importantes.

Guia-me:Curitiba avançou muito nos últimos anos, chegando ao posto de uma das melhores cidades do Brasil. Estes avanços continuarão?

Luciano Ducci: Curitiba manterá sua capacidade de inovação e de desenvolvimento sustentável. Nos últimos anos, fizemos mais de 6 mil obras, recuperando a infraestrutura dos bairros. Temos grandes projetos pela frente, o metrô, as obras da Copa, e a própria Copa do Mundo. Curitiba cresceu muito, é uma cidade importante no País e tem programas que são referência no mundo. Neste ano, ganhamos o prêmio de Transporte Sustentável, em Washington, pela construção da Linha Verde, e o prêmio Globe Award de cidade mais sustentável do mundo, na Suécia. Curitiba sempre saberá encontrar um caminho inovador e eficaz para superar seus desafios e avançar cada vez mais, principalmente na área social.

veja também