A imaginação humana não cessa e a criação continua gemendo

A imaginação humana não cessa e a criação continua gemendo

Atualizado: Terça-feira, 23 Agosto de 2011 as 2:32

Segunda, 22, estava no trânsito ouvindo a Band News. O Ricardo Boechat conversava com a Mônica Bérgamo sobre o aborto para fetos anencéfalos. Trânsito, buzinas, trabalho. Meu celular tocou, não atendi. E o papo no rádio continuava. Eu pensava na agenda do meu dia, nas pessoas, nos compromissos, nos prazos. Meu time empatou. No sudeste, o frio chegou, de novo. Aborto seguia sendo o assunto.

De repente, uma opinião transmitida pela Mônica Bérgamo, chamou a minha atenção de forma mais concentrada para aquilo que falavam:  Eu conversei com um dos juízes do Supremo, Boechat, e ele disse que lá o clima mudou bastante, eles estão muito animados no sentido de aprovarem temas polêmicos. Desde que passou a união estável para pessoas do mesmo sexo, eles entendem que o caminho está aberto para a aprovação de outros temas...

Não são somente eles que acham. Analistas e observadores dos movimentos atuais compartilham a mesma opinião faz tempo. Outro argumento falado na rádio para explicar a animação do Supremo, foi a grande repercussão e o grande apoio dado pela mídia para a união homoafetiva. É tudo assustador, porém previsível. É evidente que uma vez a porteira aberta para passar um boi, toda a boiada também passará.

Não estou entrando no mérito do tipo de aborto que se pretende aprovar. Estou simplesmente confirmando aquilo que vários setores da nossa sociedade já viviam denunciando, e que agora, o papo entre os dois jornalistas confirmou: outros temas polêmicos estão com a senha na mão apenas aguardando a sua vez para serem aprovados.

O aborto vem aí. Começará limitado por uma parcela de fetos com determinado tipo de deficiência. Porém outros abortos virão, até se chegar a aprovação por fazê-lo ou não sem qualquer necessidade de justificativa, apenas a vontade da mãe. Tudo sem a menor preocupação com aquilo que cristãos oram no Pai Nosso: Seja feita Tua vontade, assim na terra como no céu.

E depois do aborto, o que vira? A imaginação humana não cessa de surpreender. As cartas estão na mesa e o mundo sabe como jogar. A criação continua gemendo com dores de parto aguardando a manifestação dos filhos de Deus. Vem logo, Santo Espírito. Volte logo, Senhor Jesus, sua igreja continua crendo e anunciando a mais bela das esperanças: Jesus Cristo vem aí!

Por Pr. Edmilson Ferreira Mendes

veja também