Aborto: contando os custos em Israel

Aborto: contando os custos em Israel

Atualizado: Quinta-feira, 30 Janeiro de 2014 as 7:57

Aborto: contando os custos em IsraelO título já diz tudo... "A lei do aborto lei de Israel agora está entre as mais liberais do mundo". *1
 
Em 05 de janeiro de 2014, o governo israelense aprovou um pacote de cuidados de saúde para os cidadãos israelitas que inclui abortos grátis para mulheres com idades entre 20 e 33 anos. Não são necessárias razões médicas para este financiamento do governo, que é estimado para o total de $ 4,6 milhões. *2
 
A nova disposição coincide com duas datas marcantes em janeiro para os campos pró-vida e pró-escolha, nomeados: Domingo da Santidade da Vida Humana e o 41 º Aniversário da altamente controversa decisão de Roe v. Wade, que legalizou o aborto nos Estados Unidos.
 
No cerne de grande parte do discurso volátil está a seguinte pergunta: "É o feto um ser humano?"
 
Sim. Um ser humano é definido como um membro da espécie Homo sapiens. Cada ser humano tem seu próprio código genético (DNA), que é singularmente único e estabelecido no momento da concepção. O DNA de um feto humano é diferente, não só se com o de animais, como aves e peixes, mas também a partir do DNA da mãe .
 
"Nem toda a carne é o mesmo: As pessoas têm um tipo de carne, os animais têm outra , as aves outra e os peixes outra. " (1 Coríntios 15:39 NVI 2011)
 
Evidência Científica
O geneticista eminente, médico e P.h.D, Professor Jerome Lejeune, da Universidade René Descartes de Paris declarou:
 
"Se um óvulo fecundado não é por si só um ser humano completo, ele nunca poderia tornar-se um homem, porque alguma coisa teria que ser adicionada a ele, e nós sabemos que isso não acontece". *3
 
Evidência médica
O Juramento de Hipócrates é um código de valores éticos que regeram a profissão médica desde os tempos antigos. Uma profissão que tem o poder de matar, bem como o "poder de curar" exige um conjunto de compromissos morais que são inegociáveis ?.
 
Mesmo dentro de culturas pagãs era uma convicção inata que o aborto estava errado, como evidenciado pelo "Juramento de Hipócrates", que proíbe o aborto. Este juramento, que tem dominado a civilização ocidental pelo menos desde 400 a.C. até anos recentes diz, em parte:
 
"O regime que adoto será para o benefício de meus pacientes de acordo com minha habilidade e julgamento, e não para o seu mal, ou por qualquer mal. Não vou dar nenhuma droga mortal para qualquer pessoa, mesmo que isto me seja solicitado, nem darei tal conselho, e, especialmente, eu não vou ajudar uma mulher a praticar o aborto".
 
Prova Bíblica
A personalidade do nascituro é claramente demonstrada por João Batista, que "saltou de alegria", enquanto ainda no útero.
 
A mãe de João, Elizabeth, exclamou a Maria: "Assim que a voz da tua saudação chegou aos meus ouvidos, o bebê em meu ventre saltou de alegria". (Lucas 01:44 NVI 2011) .
 
Deus está ativamente envolvido no primeiro ponto do desenvolvimento de uma pessoa, antes mesmo de o nascituro se parecer com um bebê e já tem planos para a pessoa que Ele mesmo está formando no útero.
 
O salmista Davi disse a Deus: "Os Teus olhos viram o meu corpo ainda informe, todos os dias determinados para mim foram escritos no Teu livro antes de qualquer um deles existir" (Salmo 139:16 NIV 2011) .
 
As Escrituras afirmam ainda:
 
"Antes que eu [Deus] te formasse no ventre te conheci, e antes de você nascer te santifiquei ..." (Jeremias 01:05 NVI 2011) .
 
Dr. Yonatan Halevy, que dirige a comissão do Ministério da Saúde de Israel, afirma que "devemos fornecer os meios para acabar com a gravidez propriamente" quando é "indesejada ou acidental". Deus, fonte de vida física e espiritual, coloca sua marca de valor intrínseco para todos, para cada ser humano em desenvolvimento no útero e se opõe veementemente à trágica violência associada ao aborto.
 
Por June Hunt
 
* Material adaptado a partir da obra de June Hunt, "Aborto: Não é uma escolha, mas uma Criança", Aconselhamento Bíblico Chaves Library ( Dallas : Esperança para o Coração, de 2008).
 
*1. Debra Kamin, "Israel's Abortion Law Now Among World's Most Liberal," The Times of Israel, January 6, 2014.
*2. Debra Kamin, "Israel's Abortion Law Now Among World's Most Liberal," The Times of Israel, January 6, 2014.
*3. Professor Jerome Lejeune and Edward C. Freiling, The Position of Modern Science on the Beginning of Human Life (Faxton, VA: Sun Life, 1983), 18, quoted in John Ankerberg and John Weldon, When Does Life Begin? And 39 Other Tough Questions About Abortion (Brentwood, TN: Wolgemuth & Hyatt, 1989), 10.
*4. Debra Kamin, "Israel's Abortion Law Now Among World's Most Liberal," The Times of Israel, January 6, 2014.
 
Com informações do Christian Post
 
*Tradução por João Neto

veja também