Acidente de carro mata membros de família evangélica

Acidente de carro mata membros de família evangélica

Atualizado: Segunda-feira, 27 Abril de 2009 as 12

Polícia Rodoviária Federal identifica família morta em acidente de carro na ponte sobre o rio Jaru e confirma quinta vítima. Os mortos eram da Igreja Assembléia de Deus e iam para Cacoal.

O Gol bateu na mureta de proteção e foi ao fundo do rio Jaru, matando todos os seus ocupantes.

Jaru, Rondônia - um acidente chocou a população de Jaru neste sábado, 25 e abril. Pelo menos quatro pessoas da mesma família foram retiradas já sem vida do fundo do rio Jaru, no município do mesmo nome.

No carro foram encontradas 4 pessoas já sem vida, sendo um homem e três mulheres, incluindo uma menor de idade. A Polícia Rodoviária Federal confirmou, na manhã deste domingo, a existência de uma quinta-vítima.

O acidente ocorreu por volta das 16 horas deste sábado quando o Gol de placas AJR - 2664 bateu no muro de proteção da ponte sobre o rio Jaru, na BR-364, zona urbana do município de Jaru.

Welques Alves de Souza , de 20 anos,sua mãe Geralda Alves de Souza,44, a irmã Zirlene Alves de Souza,20,  Andréia Lima de moura,13 anos,sobrinha de Geralda,  e o caroneiro marido de Zirlene, Moisés Soares da Silva,24 anos,  que encontra-se desaparecido nas águas, são as vítimas da tragédia. Os  ocupantes do carro iriam para a casa de um parente em Cacoal e todos eles eram evangélicos da Igreja Assembléia de Deus e residiam no setor 5.

A hipótese é de que o motorista tenha tentado desviar de um buraco ou de uma carreta.

O carro foi ao fundo rapidamente, não dando tempo para que as vítimas pudessem sair. O Corpo de Bombeiros de Jaru foi chamado, mas nada pôde fazer nada de imediato, pois não havia equipamento de mergulho.

Mesmo assim, algumas pessoas se arriscaram e mergulharam no rio em busca de sobreviventes, mas somente à noite, com a ajuda de bombeiros de outros municípios vizinhos, o carro foi retirado do fundo do rio.

Como não havia equipamento adequado para mergulho, os corpos só foram resgatados horas depois da queda do carro. Foi preciso pedir auxílio ao Corpo de Bombeiros de localidades vizinhas a Jaru. Diversas pessoas ainda arriscaram a vida mergulhando no rio na tentativa desesperada de encontrar sobreviventes, mas sem sucesso. A tragédia abalou a cidade de Jaru.

veja também