Acompanhado de familiares, bispo Macedo fala sobre vida saudável

Acompanhado de familiares, bispo Macedo fala sobre vida

Atualizado: Segunda-feira, 25 Julho de 2011 as 7:05

Não é difícil encontrar, nos dias atuais, pessoas insatisfeitas com a própria vida. Seja por problemas familiares, sentimentais, financeiros ou de saúde, essas dificuldades têm uma origem e uma forma de serem combatidas. E foi sobre esse tema que os bispos Edir Macedo, Júlio Freitas, Renato Cardoso e Celso Júnior debateram recentemente, acompanhados de suas respectivas esposas, Viviane Freitas, Cristiane Cardoso e Fernanda Bezerra.

Segundo o bispo Macedo, a força do mal é a causadora de toda a desgraça que acontece na vida do ser humano. “Se você sofre com depressão, síndrome do pânico, doenças, problemas sentimentais, familiares, qualquer que seja a área, esse sofrimento tem origem nos espíritos imundos. E não adianta ser religioso, membro ativo de uma igreja, conhecer a Bíblia, pois isso não é suficiente”, afirmou.

De acordo com ele, para mudar essa situação, é necessário primeiro identificar a força maligna, uma vez que, conhecendo o inimigo, a pessoa saberá usar as armas corretas nessa batalha espiritual. “Para vencer o mal, você precisa ser espiritual, e isso só ocorre quando há o novo nascimento, pois dessa forma torna-se uma nova criatura, com caráter e natureza divinos. Dessa forma, a pessoa se torna espiritual e recebe poder para sobrepujar o inferno”, frisou.

Com a chegada do mês de agosto, que muitos consideram um período “pesado” espiritualmente, será realizado um propósito de jejum de 21 dias, a começar no dia 1º. “Esse mês é ‘carregado’ para quem ainda não nasceu do Espírito Santo, pois, quando nascemos de novo, recebemos poder para vencer qualquer mal”, orientou.

De acordo com o bispo Macedo, esse jejum será para abstinência total de informações seculares, como televisão, internet, jornais, revistas, etc. “Estaremos nos desligando de todas as notícias e coisas não ligadas à Obra de Deus porque, quando fazemos uma faxina no nosso interior, tiramos os pensamentos das coisas deste mundo e absorvemos os pensamentos de Deus; então a manifestação da glória dEle acontece em nossas vidas. Serão três orações diárias – manhã, tarde e noite – e, obviamente, você vai nascer de novo”, garantiu.

Para Cristiane Cardoso, o propósito é uma maneira de mostrar a importância do Espírito Santo na vida da pessoa. “É como se ela saísse do volante e deixasse Deus guiar, confiando plenamente; mas é a pessoa que tem de decidir se vai acreditar ou não”, disse.

Fazendo outra analogia com a direção de um automóvel, o bispo Celso Júnior falou sobre como os sinais de trânsito se assemelham à direção do Espírito Santo. “De forma figurada, trazendo para o lado espiritual, quando o sinal está verde é o Espírito Santo dizendo para ir em frente; mas a pessoa não vai com medo. Mas quando Deus mostra o sinal vermelho, que significa pare, ela segue. Deus está vendo essa atitude, mas Ele não pode impedir em respeito ao domínio próprio”, enfatizou.
Segundo o bispo Macedo, há pessoas que dizem ter o Espírito Santo, mas a vida está destruída. “Se isso acontece é porque o espírito que há em você não é o de Deus. Não se deixe enganar. O Espírito Santo vem para todos; seja qual for a sua situação, quando você dá um passo na direção de Deus, Ele dá outro em sua direção. A oração sincera alcança o trono dEle e o Espírito Santo quer habitar em você, foi assim com Jesus. Ele disse: ‘Não vou deixá-los órfãos, mas vou enviar o Consolador’ (leia João 15.26). O Espírito Santo não está ao lado da pessoa, mas dentro dela”, afirmou.

Segundo Viviane Freitas, quando a pessoa abre os lábios para falar com Deus, é a sinceridade da pessoa que chama a atenção dEle. “Não adianta usar máscara de religiosa, nascer na igreja, como era o meu caso e o da Cristiane. Precisa haver sinceridade, pois aí sim ela vai ver Deus na vida dela”, destacou, concluindo em seguida: “Querer é poder. Quando você quer, você tem força e disposição para estar nesse propósito de jejum de corpo, alma e espírito. E sua vida vai mudar.”

veja também