AD em Angola realiza seminário para mulheres

AD em Angola realiza seminário para mulheres

Atualizado: Segunda-feira, 29 Março de 2010 as 12

No title Namibe - Um seminário sob o tema "Toda mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola derruba-a com as próprias mãos", que teve inicio terça-feira passada, em Namibe, capital da província de Namibe, em Angola, terminou no domingo, dia 28, numa promoção da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal do Maculusso, filial do Namibe.

A diaconisa Joana Biepe, da sede nacional daquela denominação religiosa, foi a principal prelectora, tendo na cerimónia de encerramento enaltecido os valores da mulher cristã no lar e na igreja.

Segundo a prelectora, na igreja primitiva a mulher não tinha voz diante do altar e da liderança, mas graças a Jesus Cristo, deu-se oportunidade à mulher para exercer qualquer ministério teocrático dentro da igreja.

De acordo com aquela interlocutora, a família cristã constitui a base fundamental da sociedade, porque carrega consigo valores divinos que vão de acordo ao padrão de vida.

A religiosa defendeu a necessidade do diálogo no lar, onde a mulher comunica-se com o esposo e os filhos com os pais, com vista a evitar-se desvios dos valores morais.

Afirmou ainda que no lar o esposo tem que ser amigo da esposa e vice-versa."A mulher sábia é aquela que se preocupa com os problemas do lar e dá solução", disse.

Mais de trezentas mulheres provenientes das sub-congregações da sede da província e do município do Tombwa, participaram do seminário, tendo este culminado com o culto de acção de graças, que teve a participação da igreja em geral.

O referido seminário realizou-se no quadro do décimo quinto aniversário do Departamento de Sociedade de Senhoras daquela denominação cristã no Namibe, assinalado este domingo.

A Igreja Assembleia de Deus Pentecostal do Maculusso, com sede em Luanda, existe em Angola há mais de 40 anos. Actualmente conta com cerca de 45 mil crentes, dos quais 11.000 membros baptizados e em comunhão, em toda a sua extensão assistidos por 32 pastores, 33 evangelistas, 18 anciãos e 115 diáconos, entre os quais 69 diaconisas.

Tem representações nas províncias de Malanje, Bengo, Namibe, Cunene bem como em Portugal, Espanha, Brasil e África do Sul.

veja também