Adolescentes da Universal se unem contra o bulliyng

Adolescentes da Universal se unem contra o bulliyng

Atualizado: Quarta-feira, 30 Novembro de 2011 as 11:39

Neste último sábado (26), estudantes com idade entre 11 e 14 anos participaram do primeiro encontro da campanha "Combate ao bullying", no plenário Otávio Rocha, da Câmara Municipal de Porto Alegre. O evento foi organizado pelo grupo TF Teen, da Igreja Universal do Reino de Deus, que reúne mais de 800 estudantes no estado.

O bullying é caracterizado por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por uma ou mais pessoas contra outros colegas. O termo tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Sem uma definição em português, pode-se entender como uma ameaça, opressão, intimidação, humilhação e maltrato.

Um recente estudo sobre o tema realizado em escolas de dez capitais, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), identificou que a capital Porto Alegre ocupa o quinto lugar no ranking de adolescentes que sofrem com o bulliyng.

No encontro, o prefeito da cidade, José Fortunati (foto, discursando), destacou sobre a importância de debates sobre o tema. "O bulliyng merece toda a atenção do poder público, pois está presente em nosso dia a dia e precisa ser combatido com seriedade. Precisamos trabalhar os jovens e fazer com que eles sejam parceiros desta luta".

O coordenador do TF Teen, Aguinaldo Júnior, também participou do encontro apoiando a causa e conscientizando os adolescentes de todo o Brasil a respeito do comportamento negativo e fez questão de ressaltar a preocupação do grupo nessa causa. "Necessitamos unir a sociedade contra esse mal chamado bullying, e como sempre a Igreja Universal dá um passo à frente, trazendo a tona esse debate importantíssimo", conclui.

Depoimento

Além de abordar temas relacionados aos adolescentes, o grupo da IURD visa levar solução para os problemas por meio da fé no Senhor Jesus. Foi o que aconteceu com o jovem Cauan , de 11 anos, que faz parte do TF Teen do Cenáculo do Espírito Santo de Alegrete, Rio Grande do Sul.

"Eu e minha família estávamos passando por problemas: meus pais estavam desempregados e com muitas dívidas, e eu sofria com dores de cabeça e um cisto no coração.

Quando começou a Fogueira Santa de Israel, eu me revoltei com a miséria e com a doença, e coloquei minha vida no altar, pela fé. Algum tempo depois, refiz os meus exames e foi constatado que eu estava curado. Além disso, meus pais começaram a prosperar, compraram um carro e abriram o seu próprio negócio e eu ainda ganhei uma bicicleta de presente. Hoje, vivemos uma vida feliz na presença de Deus, e eu recebi o bem mais precioso que sempre desejei: o batismo com Espírito Santo", comemora.    

veja também