Adolescentes receberão maior atenção da Igreja Adventista

Adolescentes receberão maior atenção da Igreja Adventista

Atualizado: Terça-feira, 9 Novembro de 2010 as 10:48

Durante o Concílio Quinquenal 2010, que acontece em Foz do Iguaçu, no Paraná, vários relatórios de áreas de atuação começaram a ser apresentados. O primeiro deles foi relacionado às frentes missionárias pelo pastor Jolivê Chaves, diretor de Ministério Pessoal da Igreja Adventista na América do Sul. Ele falou sobre as perspectivas de crescimento nas diferentes missionárias como os pequenos grupos, as duplas missionárias, as classes bíblicas, entre outras maneiras de se evangelizar.  

Outra ênfase, importante, na evangelização foi dada por Soledad Álvarez, diretora do Ministério da Criança e do Adolescente. Aliás, nesta segunda-feira, dia 8, os delegados do Concílio decidiram aprovar uma pequena mudança do nome neste departamento. Agora existe o Ministério do Adolescente, encarregado de atender especificamente quem está nesta faixa etária e não se enquadra necessariamente nem como criança e nem como jovem. “Esta modificação é fruto de um pedido das diretoras nas regiões, já que os adolescentes precisam ser atendidos de uma maneira diferenciada”, comentou Soledad. Novos materiais e abordagens para motivar este grupo a se envolver com assuntos espirituais e testemunhar serão adotados.

Ela mostrou dados otimistas sobre as decisões de mais de 78 mil crianças, entre 8 e 15 anos de idade, somente no ano de 2009. A diretora acrescentou, ainda, que há a necessidade de envolver os pequenos desde a mais tenra idade para que não deixem os caminhos de Deus e deixem os caminhos divinos. Outros projetos foram apresentados como o 1 em 168 Não é Suficiente, projeto que mostra a necessidade de os pequenos tenham maior envolvimento espiritual ao longo do ano. Além disso, será lançada uma escola de evangelistas mirins, com treinamento e capacitação para que meninos e meninas falem do evangelho aos seus amigos.

veja também