Adriano Martins diz que a fé em Deus melhorou até sua participação no MMA

Lutador de MMA cre na palavra de Deus para construir no UFC

Atualizado: Segunda-feira, 9 Abril de 2012 as 10:46

O lutador de MMA amazonense, Adriano Martins, 29, tem no exercício da fé um aditivo fundamental para o sucesso profissional. Com chance de assinar contrato com o Ultimate Fighting Championship (UFC), o mais rico e prestigioso evento de lutas do mundo, o faixa-preta de jiu-jitsu busca nas passagens bíblicas inspiração para a sequência de vitórias, enquanto aguarda, ansioso, realizar o sonho de dez entre dez atletas do gênero: pelejar na jaula de oito lados do Ultimate..“Esse era o nosso objetivo, meu, da minha equipe, do meu empresário, da minha família. O UFC é a maior vitrine do mundo no MMA. Eu diria que há 80% de chances. Está nas mãos de Deus. Tomara que dê certo”. diz ele ao jornal A Critica.

Cristão protestante da congregação Batista Cristo Rei, Adriano, que manteve o cinturão dos leves (até 70 quilos) com nocaute sobre Jimmy Donahue no Jungle Fight 37, sábado passado, aproveitou o feriado de Páscoa para momentos de reflexões.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Adriano, que se converteu em 2008 ao protestantismo, vive uma fase positiva como lutador e chefe de família. “Já fiz coisas erradas. Quem nunca errou que atire a primeira pedra. Mas a conversão muda a vida das pessoas, das famílias. Quando vou lutar, junto minha equipe e fazemos uma oração para que nem eu nem meu oponente saiamos machucados com gravidade”, explica.

Pai de Pedro Henrique, 11, Maria Eduarda, 4, e esposo de Andreza, 25, também faixa-preta de jiu-jitsu, Adriano reforça no cotidiano da família o conteúdo religioso por entender que é a base de tudo.

veja também