Advogado preso ao tentar aplicar golpe de R$ 500 mil em pastor

Advogado preso ao tentar aplicar golpe de R$ 500 mil em pastor

Atualizado: Quarta-feira, 25 Março de 2009 as 12

Advogado preso ao tentar aplicar golpe de R$ 500 mil em pastor

O advogado Jordan Maciel Penedo, 25, foi preso em flagrante no final da noite desta terça-feira (24) após tentar aplicar um golpe no valor de R$ 500 mil no pastor de uma igreja Batista em Jardim da Penha, Vitória. Ele foi enquadrado no artigo 171, que corresponde ao crime de estelionato e está detido no DPJ de Vitória.

Jordan Maciel Penedo chegou à igreja por volta das 22h15 para falar com o pastor João Brito Costa, que celebrava um culto. Após o término da cerimônia, o pastor foi atender o advogado, que solicitou falar em particular com o religioso.

O advogado disse ao pastor que ele e o contador da igreja estavam sendo investigados pela Receita Federal. Ele entregou ao pastor uma carta que continha o nome de uma empresa de consultoria tributária com número de CNPJ, dados de uma agência bancária e, logo abaixo, o valor de R$ 500 mil.

O advogado informou que bastava o pastor realizar o depósito, que a dívida seria quitada. Joao Batista informou que solicitou ao advogado que ele se identificasse, no entanto, Jordan disse que se fizesse isso perderia o emprego. O pastor desconfiou da atitude dele e chamou a polícia.

Sentado em uma cadeira estofada no Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vitória e vestido com roupa social e gravata, o advogado Jordan Maciel Penedo disse que cometeu o crime para pagar uma dívida de R$ 5 mil que tem com um agiota que está o ameaçando.

Ele ainda disse ser evangélico e que vai continuar na profissão que exerce assim que for liberado.

Jordan também disse que está arrependido, mas viu na tentativa do golpe uma maneira imediata de quitar a dívida que tem, pois sente medo de morrer.

veja também