Al Janssen lança

Al Janssen lança

Atualizado: Quarta-feira, 17 Setembro de 2008 as 12

Al Janssen lança "Cristãos Secretos" no Brasil

Por Claudia Moraes

O escritor Al Janssen está no Brasil lançando o livro "Cristãos Secretos". Na noite de ontem, 16 de setembro, Janssen recebeu admiradores de seu trabalho em uma sessão de autógrafos na Livraria Cultura do Shopping Market Place, em São Paulo. "Conheço muito a história do Irmão André [também autor do livro] e eu tenho um irmão em Cristo muito próximo, que é da missão Antioquia. Atualmente, está em um trabalho de campo na Espanha, evangelizando islâmicos. Então, quando eu olhei o tema foi uma coincidência muito abençoada, muito interessante.", conta o advogado Gerson Nogueira, que adquiriu "Cristãos Secretos" com uma dedicatória de Al Janssen.

A obra descreve como os cristãos vivem em países islâmicos em meio às perseguições, atos terroristas e governos hostis. O autor afirma que há uma parte da igreja a respeito da qual os ocidentais não têm a menor idéia. Neste livro, ele quer apresentar e definir quem são estes "cristãos secretos". Pessoas que, por viverem em uma sociedade de predomínio muçulmano, não podem se expressar como cristãos. Janssen quer trazer à consciência quem elas são e como vivem.

Ao final da história, o Irmão André e Al Janssen propõem quatro iniciativas para que o Ocidente ajude esta igreja perseguida. Em entrevista exclusiva ao Portal Guia-me , Al Janssen adiantou duas delas, que podem ser aplicadas no Brasil.

O autor afirma que há uma grande população muçulmana no Brasil, cerca de 1,5 milhões de pessoas, e esta comunidade tem uma visão distorcida do que é o cristianismo. "Por exemplo, os muçulmanos vêem os filmes americanos, ocidentais, e eles identificam as práticas expostas ali como sendo o cristianismo. Porque não conseguem desassociar cultura, produção cultural humana, de religião", conta. Al Janssen pede que "cada muçulmano possa se encontrar com pelo menos um cristão genuíno, comprometido com o Senhor Jesus".

A segunda proposta é orar com os muçulmanos e não por eles. Porque muitas vezes as pessoas intercedem sem saber a real necessidade, o que eles têm pedido. De acordo com o escritor, esta comunidade ora pelas conversões e para que quando isso aconteça tenha condições de receber os novos cristãos e juntos perseverarem em seguir a Jesus.

Al Janssen diz que as igrejas cristãs têm permissão para crescer de forma vegetativa em países islâmicos, ou seja, de pai para filho, não tendo autorização para agregar a comunidade local. E quando o muçulmano tenta congregar em algumas delas, ele coloca em risco sua vida e também as dos membros destas igrejas. O autor conta que um líder religioso islâmico se converteu e continuou com seus trabalhos na mesquita, utilizando esta estratégia para inserir o evangelho naquele lugar. Mas a maioria dos novos cristãos são chamados secretos, porque se reúnem escondidos em pequenos grupos.

Mais sobre Al Janssen

Al Janssen é diretor de comunicação da Portas Abertas Internacional, desde 2002 e reside em Colorado - EUA. Janssen tem o coração voltado para a igreja ao redor do mundo e para aqueles que ainda não conheceram a Cristo. Junto com o Irmão André, ele viajou por toda a região do Oriente Médio e interagiu com mulçumanos, judeus e cristãos que vivem ali. Autor reconhecido, escreve livros desde 1974. - 

veja também