"Alcançar objetivos pela fé" foi tema de culto em IURD do RJ

"Alcançar objetivos pela fé" foi tema de culto em IURD do RJ

Atualizado: Terça-feira, 7 Dezembro de 2010 as 9:20

Um novo ano está chegando e é comum as pessoas fazerem uma retrospectiva do que desejaram e do que foi realizado. Sonhos não faltam para milhões de pessoas em variadas fases da vida. Seja na área profissional, sentimental, familiar entre outras. Porém, nem todos conseguem concretizá-los. Afinal, o que determina o êxito ou o fracasso?

No primeiro domingo de dezembro, o bispo Edir Macedo ministrou, no Rio de Janeiro, a Concentração de Fé e Milagres, quando falou para mais de 12 mil pessoas sobre a necessidade de o ser humano acreditar em si mesmo para que, em parceria com Deus, alcance o que almeja, realizando seus sonhos.

O bispo levou a multidão à reflexão, despertando todos para a situação que estão vivendo. “Se não acreditarmos em nós mesmos, quem acreditará? Tudo é possível para você, porque o Deus em Quem crê é o Deus do impossível. Porém, não adianta crer nEle e não crer em você mesmo”, frisou.

Nesta parceria, o bispo destacou que é preciso deixar pensamentos de emoção e tomar atitude usando a fé inteligente e racional. “Assim é a fé: quem crê vai, quem não crê fica. E não é pelo muito falar que seremos ouvidos, mas pela fé que temos.”

Ainda conforme destacou, muitas pessoas são distraídas pelo diabo e não sabem a força que possuem. “O diabo sabe da força que nós temos, porém ele quer distrair o ser humano com pensamentos de emoção: ‘Estou carregando minha cruz’, ‘Esse é meu destino’, ‘Eu não posso’ e outros pensamentos com a intenção de levar a pessoa a se conformar com a vida de derrotas que está levando. Há pessoas que sempre têm uma desculpa para justificar o inferno que estão vivendo. Deus não chamou você para continuar assim, Ele quer que tome posse daquilo que Ele criou, o que é dEle, pois tudo é dEle”, ressaltou o bispo.

E continuou: “As coisas que você deseja não vão cair do céu de bandeja nas suas mãos só porque você ora, jejua, vem à Igreja ou é bonzinho. Você tem que usar a fé inteligente, sacrificial.”

Volta por cima

E foi desta forma que o casal Celso Henrique e Nelly Marques (foto ao lado), que chegou à IURD falido, deu a volta por cima e mudou o rumo da história. “Logo que chegamos à IURD não acreditávamos que conseguiríamos sair daquela situação difícil, com uma dívida de R$ 3 milhões e sérios problemas familiares. Mas logo que conhecemos o Senhor Jesus e aprendemos que através da fé inteligente tudo é possível, fizemos nosso sacrifício, nos lançamos na Fogueira Santa de Israel, fomos perseverantes e tudo aconteceu paulatinamente. Nunca mais deixamos de participar desta campanha de fé e as bênçãos não pararam mais, sejam de ordem familiar, financeira, enfim, em todas as áreas”, declarou Nelly.

O casal, que tinha um relacionamento atribulado, com brigas e desentendimentos, hoje tem um casamento restaurado. O filho, que era viciado, hoje é trabalhador e, com seu testemunho, ajuda outras pessoas viciadas. “Temos seis empresas, sete carros e as vendas não param”, testemunhou Celso, que também é proprietário de uma grande marmoraria.

Familiares buscam respostas

É comum ver nas reuniões de Concentração de Fé e Milagres familiares buscando milagres por outros membros da família. São pais pedindo por filhos ou vice-versa. Idna Carla de Azevedo, 25 anos, que trabalha no setor de turismo, desde a infância frequenta a Igreja Universal. Foi levada por uma tia à Educação Bíblica Infanto-juvenil (EBI) em um dos templos da IURD. Ela, que é filha única, até hoje usa a fé em favor de seus pais.

“Meus pais ainda não são convertidos, mas conseguem ver a Glória de Deus na minha vida. Venho todos os domingos e uso a fé inteligente. Consegui um ótimo emprego e meus pais também têm sido abençoados. Mas sei que muitas outras bênçãos seriam possíveis se eles também tivessem a mesma fé. Meu pai teve câncer na glândula parótida (maior das três glândulas salivares e localiza-se entre o ramo da mandíbula e o processo estilóide do temporal) e, através da minha fé, ficou curado. Minha mãe também teve câncer nos seios e também foi curada. Meus pais ainda conquistaram um apartamento próprio depois de 32 anos de casamento. Graças a  Deus consigo ver o resultado das minhas orações e da minha fé”, declarou Idna.

Esposa ora

O marido e filho de Elizete Azevedo da Silva, 54 anos, também têm sido o motivo das orações e do agir da sua fé. “Meu esposo, que me trouxe a primeira vez para a Igreja e hoje está afastado. Mas creio que ele irá se reconciliar o quanto antes com Deus e por isto tenho agido minha fé”, testemunhou ela.

Elizete, que participa todos os domingos da Concentração de Fé e Milagres, também esteve na reunião ministrada pelo bispo Macedo no Rio de Janeiro. “Fui renovada nesta manhã e tenho fé que em breve toda minha família virá comigo participar desta reunião”, concluiu Elizete.

Por Alice Mota

Foto: Renee Santos

veja também