A alma farta pisa o favo de mel

A alma farta pisa o favo de mel

Atualizado: Terça-feira, 11 Dezembro de 2012 as 8:55

 

O sábio escreveu: "A alma farta pisa o favo de mel, mas à alma faminta todo amargo é doce" (Pv 27.7). 
 
Quem muito tem, corre o risco de não valorizar o que tem. Quem muito recebe, corre o risco de desprezar o que recebe. 
 
Muitos crentes estão tão acostumados a receber pão com fartura que se sentem insatisfeitos na casa do Pai e buscam as aventuras do país distante. 
 
Outros, porém, tendo pouco, com a alma faminta, consideram doces até mesmo as coisas amargas. 
 
Precisamos valorizar o que temos e sermos gratos por isso. Precisamos valorizar a família que Deus nos deu. 
 
Precisamos dar valor a igreja que frequentamos, se esta ensina com fidelidade e graça as Escrituras. Não é sensato pisar o favo de mel.
 
 
por Hernandes Dias Lopes
 

veja também