Alunos de colégio adventista realizam ação em prol de idoso

Alunos de colégio adventista realizam ação em prol de idoso

Atualizado: Segunda-feira, 17 Outubro de 2011 as 4:28

Os anos levaram a agilidade na locomoção, reduziram a capacidade de audição e encurtaram a visão. Mas muitas vezes as famílias tiraram algo ainda mais precioso: a segurança e o amor. Uma ação desenvolvida por estudantes do Colégio Adventista de São José dos Pinhais serviu como alerta para a população sobre as responsabilidades que todos devem ter com os idosos.

Um teatro mudo centro da cidade mostrou cena do cotidiano dos idosos, lembrando ainda Dia Internacional do Idoso. Os pedestres paravam para prestar atenção na encenação, momento em que puderam refletir sobre as dificuldades que sobrevirão a todos.

A concentração dos alunos serviu ainda para a divulgação da campanha Quebrando o Silêncio, que dá orientações também sobre os cuidados com idosos.

A ação teve o interesse da imprensa, e foi destaque na TV Educativa, afiliada a TV Cultura, em uma reportagem sobre o voluntariado infantil.

Outra atividade envolveu as crianças na campanha de valorização dos idosos. Em uma visita à Casa de Repouso Cris Lau, onde vivem 20 pessoas, os estudantes tiveram um encontro emocionante: a programação previu a interação das crianças ouvindo as histórias dos tempos passados e a leitura de livros para quem não tem mais a visão tão perfeita assim.

“Ensinar as crianças a valorizar os idosos e lutar contra os índices de violência praticada este grupo é o objetivo principal da Semana do Idoso promovida no nosso colégio”, ressaltou a diretora, Rovena Carniatto.

A cidade de São José dos Pinhais tem cerca de 20 mil idosos, o que representa cerca de 7% da população. “É uma troca muito produtiva porque as crianças aprendem a respeitar os mais velhos e os idosos recebem o carinho que tanto precisam”, conclui a diretora. Ela completa reforçando que a educação da comunidade é a oportunidade de reduzir os índices de violência praticada contra os idosos. 

Assista à reportagem da TV Educativa:      

veja também