Alunos de teologia na Amazônia dão exemplos de superação

Alunos de teologia na Amazônia dão exemplos de superação

Atualizado: Quarta-feira, 10 Agosto de 2011 as 1:17

Silêncio! Para muitos essa palavra é sinônimo de tranquilidade, calmaria e até paz. Para o casal Douglas Silva e Karen Sanches, representa oportunidade. Com 24 e 27 anos (respectivamente); Douglas, natural de Campinas-SP, trabalhava na área de garantia de qualidade da Pfizer em Campinas por mais de três anos. É professor e diretor da Escola Sabatina on-line desde 2007 e foi presidente dos surdos Adventistas do Sétimo Dia no Brasil em 2006. Karen, natural de Maringá-PR, trabalhava como instrutora de Libras (Língua brasileira de Sinais) numa escola para surdos, além de ser Diretora do Ministério dos Surdos em Maringá desde 2004. Ambos decidiram dedicar tudo que tem para o ministério pastoral.

Para Douglas a oportunidade de ser o primeiro pastor surdo no Brasil, o motiva para ser exemplo para outros. “Atualmente nosso Ministério dos Surdos não possui um pastor surdo na igreja adventista brasileira, nós abriremos as portas para que muitos surdos possam estudar teologia. Mas nosso objetivo é alcançar surdos no Brasil e por toda a América Latina, atualmente há mais de 300 milhões de surdos em todo o mundo e pouco mais de 5% são cristãos. É uma área difícil de trabalhar, mas pela graça de Deus vamos levar a mensagem à diante até onde for possível”, declara.

Douglas conheceu o pastor Davi Tavares, diretor do curso de Teologia da Faculdade adventista da Amazônia (FAAMA), em um dos encontros da Gospel Outreach, instituição adventista que trabalha com obreiros missionários e também com surdos em todo o mundo. O pastor Davi Tavares trabalhou em um desses projetos da Gospel Outreach na África e no encontro Douglas e Karen foram apresentados como uma promessa para o Ministério dos Surdos na América do Sul.

Segundo Karen, deixar tudo para trás e ir a uma nova terra não é nada fácil. “Todos da FAAMA são pessoas corteses, nos trataram com carinho e respeito, essas são as qualidades que qualquer um que passar por aqui vai encontrar. Além das pessoas a faculdade possui modernas estruturas na sala de aula e os professores têm um currículo extraordinário”, relata Karen.

Na Sala de Aula - Douglas tem tido uma atenção especial dos professores e um interprete ao seu lado para indicar e tirar algumas dúvidas do que é dito pelos professores. “Com professores experientes e bem informados, as aulas têm sido bem proveitosas, os alunos conseguem definir melhor seus objetivos e suas metas depois de se formar. Aqui todos nós sabemos onde queremos chegar”, vibra Douglas.

Projetos e Desafios - São vários os desafios. Um deles é ter pelo menos um Ministério dos Surdos em cada cidade do Brasil. É um grande desafio que exige muito trabalho e responsabilidade.

Douglas planeja incentivar mais surdos a serem pastores missionários com o seu exemplo. “Há somente um pastor surdo adventista formado no mundo, eu serei o segundo, porém para um trabalho grande como este é preciso de mais pessoas. Penso em motivar as igrejas a trabalharem com surdos”, diz.

O desejo do casal após os cursarem os quatro anos de Teologia é atuar como missionários na América do Sul. Douglas fez até o segundo ano de Farmácia e Bioquímica, trancou para que pudesse estudar Teologia. Já Karen é formada em Letras e pós-graduada em Educação Especial e Libras (Língua Brasileira de Sinais).

O Seminário Latino Americano de Teologia do Norte – FAAMA, conta com duas turmas no total de 120 alunos, incluindo alunos de países da América do Norte e África.

veja também