Amar é pertencer

Amar é pertencer

Atualizado: Quinta-feira, 13 Junho de 2013 as 6:52

amor“Eu sou do meu amado e o meu amado é meu.”
Cantares de Salomão
 
A paixão, como entendiam os gregos, é um adoecimento. O ser apaixonado está fora de seu estado natural, faz o que não está acostumado, supera limites. O apaixonado quer pra si, quer dizer que é seu, quer na hora, quer consumir.
 
Toda paixão precisa amadurecer e se tornar amor. Quem ama, pertence e passa a dizer que é de alguém. Amar é ser do outro, redimindo assim o instinto da paixão, que espera ter o que deseja, mas sem o cuidado responsável de antes ser de quem deseja. O amor coloca tudo no lugar, ainda quer o outro pra si, mas sabe que antes pertence ao outro.
 
A paixão diz: “você é meu”. O amor diz: “eu sou seu”. Dois que se amam dizem: “somos um do outro” até poderem dizer: “somos um no outro”.
 
 
- Alexandre Robles
 

veja também