Amigos com benefícios: Uma posição bíblica sobre amizade e sexo

Amigos com benefícios: Uma posição bíblica sobre amizade e sexo

Atualizado: Segunda-feira, 1 Agosto de 2011 as 2:41

Dos corredores da escola, trabalho e universidades para as telas de cinema, a idéia de "amigos com benefícios" é vendida como uma nova combinação tão simples, aceitável e maravilhosa como um lanche do McDonald’s.

Ninguém acorda e decide que sexo é apenas sexo.  Ninguém acorda e anuncia durante o café: "Hoje, eu vou me relacionar com alguém que eu nunca vou casar."

Lembro-me que na época que estava no ensino médio acreditava de coração e alma que eu iria esperar pelo casamento para ter relações sexuais. Eu nunca tinha beijado um menino, e eu não tinha plano para isso até me envolver com alguém. Quatro ou cinco anos depois eu estava me divertindo com alguém e mais dois ou três anos, e eu estava dormindo com alguém que eu nem namorava.

Por que isso acontece? Porque somos pessoas quebradas. E porque Deus criou o sexo e afeição física como uma parte fenomenal do que é feito para curar-nos: o amor, intimidade comprometida com outro ser humano. Mas quando não sabemos como lidar com os desejos do nosso corpo e o anseios de nosso coração, nós tendemos a fazer danos a longo prazo para nós mesmos.

Flexão das Regras

O sexo é prova de que Deus ama você. Entregar seu corpo para outro ser humano é a prova de que Deus criou você para experimentar a intimidade. O problema é que nos esquecemos (ou ignoramos) e criamos regras. Talvez existam algumas regras que você não irá violar , talvez você tenha o compromisso de se abster de sexo fora do casamento. Mas ainda há uma série de outros "benefícios" que você não consegue abandonar. Quando não reconhecemos o propósito de alguma coisa, as regras, por vezes, não são suficientes.

"Seu primeiro namorado era perfeito mas partiu seu coração. Você não deveria levar o seu relacionamento físico tão longe, mas você fez;... Agora você pode também levá-lo tão longe de novo. Você merece ter algum divertimento.Todo mundo tem sexo antes do casamento, e todo mundo acaba casado e feliz no final . Você precisa experimentar tudo antes de se estabelecer "

Isto é o que eu pensava. É foi assim que eu me convenci de que estava muito bem com "apenas se divertir", e fiquei viciada relacionamentos sem compromisso. Nossos corpos são criados para começar transmitir emoções em 20 segundos. Seu corpo não pode dizer a diferença entre carinho com o seu namorado e abraços com um amigo enquanto assiste a um filme. Seu coração não pode dizer a diferença entre compartilhar segredos íntimos com o amigo sexy ou o seu cônjuge. Confiança, apego e intimidade acontecem com ou sem a nossa permissão. É por isso que é tão incrivelmente importante definir limites físicos e emocionais antes de chegarmos a algo que dói demais para sair depois.

Crie suas próprias regras e ajude a si mesmo.

Os laços que unem

Toda a sua vida é a história do plano de Deus para lhe mostrar sua definição de amor incondicional. O casamento é uma das principais ferramentas de Deus para demosntrar isso. Deus sabia que não era bom para o homem ficar sozinho. Deus sabia que precisava de uma forma física. Por isso Ele nos deu um ao outro. Uma expressão do amor de Jesus por Sua noiva.

O sexo é um dos maiores cola do casamento e o inimigo tem toda a intenção de atacar o seu casamento antes mesmo de começar. Se ele pode torcer, prejudicar ou destruir o seu casamento, ele sabe faz danificando a imagem do amor incondicional de Deus e compromisso que Ele tem com você. “Amigos com benefícios” deterioram o valor de seus outros relacionamentos. Solteiro ou casado, Deus quer que você tenha confiança em alguém.

Não só é o sexo a imagem perfeita de intimidade. Paixão e desejo, também desencadeia a liberação de substâncias químicas que trazem sensação de bem estar e a vontade de querer mais.

Amor é sacrificial, e não egoísta

Você foi criado para o sexo quente, apaixonado. Você foi criado para ser conectado a uma única pessoa. Mas mais do que isso, você foi criado para experimentar o amor incondiciona. Quando nos comprometemos a intimidade emocional e física antes do compromisso (ou não temos a intenção de), sabotamos a nós mesmos. E isso dói.

O mito de amigos com benefícios nos leva a crer que a intimidade não dura, gera um amor egoísta, e um desejo superficial que só te interessa naquele instante. Mas a definição de amor de Deus é sempre sacrifical e sempre estará por perto.

Por Lauren Lankford

Via Relevant Magazine

Adaptado por www.guiame.com.br

FOnte: www.guiame.com.br

veja também