Amor que não se traduz em palavras

Amor que não se traduz em palavras

Atualizado: Quinta-feira, 12 Maio de 2011 as 4:16

2 Coríntios 9: "Pois quanto à ministração que se faz a favor dos santos, não necessito escrever-vos; porque bem sei a vossa prontidão, pela qual me glorio de vós perante os macedônios, dizendo que a Acaia está pronta desde o ano passado; e o vosso zelo tem estimulado muitos!"

Este tipo de ministração não se faz com palavras, mas com o coração. Funciona melhor assim.

Falar e fácil, mas colocar a mão no bolso e repartir o que tem na mesa não é pra qualquer um. Tem de ser muito macho e amar demais.

Esta atitude mereceu um rasgado elogio de Paulo.

Eu gostaria muito de receber um elogio desses. Mas antes preciso fazer por merecer.

Nada é mais estimulante do que um gesto de amor vindo de quem nem é meu parente.

Preciso incorporar este costume, principalmente porque já senti os efeitos deste tipo de socorro em minha própria pele.

Minha carne já recebeu este banho de amor.

Ubirajara Crespo é pastor, escritor, conferencista, editor e diretor da Editora Naós.

Visite o Blog sob Nova Direção -  http://sob-nova-direcao.blogspot.com/

veja também