Ana Paula Valadão: Não existe melhor remédio para a ansiedade do que a oração

Não existe melhor remédio para a ansiedade do que a oração

Atualizado: Segunda-feira, 21 Janeiro de 2013 as 11:06

 

Todo começo de ano é especial, não apenas porque para mim são dias de férias, mas também porque antecede mais um ano de muitas atividades, lutas e conquistas. Ao mesmo tempo em que descanso, enfrento às vezes uma certa ansiedade em meu coração. E acho que isso é uma marca dos “começos”.
 
orandoOutro dia estava conversando com um médico e ele falava sobre a “ansiedade matinal”. É um tipo de ansiedade que acomete muitas pessoas, pois não sabemos como o dia vai ser. Será que vamos dar conta de tudo o que temos que fazer? Como será aquele encontro, aquela reunião, ou até mesmo pequenas tarefas de casa como cozinhar o almoço, preparar os filhos para a escola. Geralmente, ao terminar o dia, as pessoas se sentem bem, não porque tenham realmente feito tudo o que planejavam, mas porque a cobrança saiu de seus ombros. Afinal, não há nada que se possa fazer àquela altura do dia. É só descansar e esperar para começar de novo, ansiosamente, no dia seguinte.
 
Tenho descoberto cada vez mais que não existe melhor remédio para a ansiedade do que a oração. Enquanto oramos e falamos para Deus o que aflige nossos pensamentos e sentimentos, parece que tiramos a carga pesada da preocupação de nossos ombros e colocamos nas mãos poderosas do Pai celestial. Sejam pequenas ou grandes circunstâncias que nos amedrontam, podemos entregá-las todas, pois Seu cuidado por nós vai desde as menores às mais importantes áreas de nossa vida.
 
Deus se importa com nossas ansiedades. Ele quer que sejamos aliviados a cada dia através da dependência e da confiança nEle. Ele nos deu a Bíblia, repleta de versículos e exemplos que nos ensinam a não andarmos ansiosos. Palavras que nos incentivam a realmente entregarmos a Deus os nossos cuidados, e buscarmos nEle a sabedoria para as decisões, a capacitação para cada grande ou pequeno desafio.
 
Que neste começo de ano, entreguemos a Deus toda e qualquer ansiedade. E façamos a cada amanhecer, uma declaração de dependência e confiança, não permitindo que a “ansiedade matinal” amedronte nosso coração. Afinal, não estamos sós. Pertencemos a esse Deus maravilhoso que nos deixou Suas promessas. A cada dia podemos lembrar nossa alma da preciosa Palavra:
 
“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus”. Filipenses 4:6
 
 
Ana Paula Valadão
publicado oficialmente em janeiro de 2012
 

veja também