Apesar da proibição, igreja do Azerbaijão cresce

Apesar da proibição, igreja do Azerbaijão cresce

Atualizado: Quinta-feira, 10 Março de 2011 as 12:55

Em um país onde a religião tem sido restrita, a igreja do Azerbaijão cresce e alcança espaço. Essa é a mensagem do presidente da Rússia Ministérios, Sergey Rakhuba, que está viajando ao longo da antiga União Soviética esta semana. Rakhuba diz que enquanto o governo exigir o recadastramento de todas as organizações religiosas, infelizmente nenhuma igreja evangélica tem permissão para o registro.

Rakhuba afirma que a perseguição continua. "Vários pastores foram presos por vários meses, em nome de sua igreja. Então eles os provocam, os jogam na prisão e os perseguem".

Apesar do aumento da perseguição, o crescimento da Igreja não foi afetado na nação que é predominantemente muçulmana. Rakhuba diz que os jovens estão abertos ao Evangelho. "Eles dizem: 'Nós queremos ter um relacionamento com Deus.

Queremos saber mais sobre Deus. Entretanto, o Islã tradicional não nos dá nenhum motivo para aprender mais sobre Ele”. Muitos estão se voltando para Cristo secretamente, diz Rakhuba, e estes novos crentes são apaixonados pelo evangelho. "Eles são tão ativos e espertos. Eles são estratégicos na aproximação com as aldeias no Azerbaijão sob forte ameaça", finaliza Rakhuba.

veja também