Após incêndio em casa de carregador, Bíblia fica intacta

Após incêndio em casa de carregador, Bíblia fica intacta

Atualizado: Sexta-feira, 23 Abril de 2010 as 12

No title A falta de água no bairro Vista Alegre, zona sul da cidade, prejudicou o combate a incêndio em residência ocorrido por volta das 15h30 de ontem na rua Guilherme Scheffer Netto, 67. Vizinhos relatam que quando perceberam fumaça, tentaram apagar o fogo, mas sem água nas torneiras, viram o imóvel ser consumido pelas chamas.

Segundo Corpo de Bombeiros, vela acesa que caiu em móvel de madeira deu origem ao fogo que deixou a casa completamente destruída. Segundo o carregador Luís de Oliveira, morador da residência, ele acendeu a vela para esquentar um ferro e perfurar o manete de plástico de sua bicicleta, que estava com problemas. Em seguida, foi conversar com vizinhos na frente de sua casa.

"Fui até a torneira para buscar água e jogar no fogo, que ainda não tinha se espalhado, no entanto a torneira estava seca", relata.

Durvalino Baldassarine, afirma que levou a mangueira até a casa do vizinho, mas não tinha água. "Quase todo dia à tarde falta água aqui no bairro", afirma.

Outro vizinho da residência, o vigilante Newton Ferreira conta que não teve como ajudar devido a falta d’água. "O que era um problema do bairro, virou uma catástrofe pessoal", afirma se referindo à falta d’água.

Os bombeiros levaram aproximadamente 15 minutos para apagar o incêndio. Luís perdeu mesa, dois sofás, guarda-roupas com todas as roupas, duas cadeiras, televisão e rádio. Segundo ele, foram dez anos de trabalho para comprar tudo que perdeu.

Bíblia ficou praticamente intacta

O incêndio ocorrido na casa do carregador Luís de Oliveira queimou todos os móveis e pertences do morador. No entanto, sua Bíblia, que se encontrava na sala, ficou praticamente intacta.

Com queimaduras nas bordas, a parte de dentro do livro foi totalmente conservado. "De hoje em diante, nunca mais perco essa Bíblia, isso foi coisa de Deus, não tem outra explicação", afirmou Luís, ainda abalado após perder todo o fruto de dez anos de trabalho.

veja também