Apóstolo Estevam Hernandes diz que Igreja precisa ser firme na fé

Apóstolo Estevam Hernandes diz que Igreja precisa ser firme na fé

Atualizado: Quinta-feira, 3 Fevereiro de 2011 as 2:17

Nesta quarta-feira, dia 2 de fevereiro, na Noite de Poder, o apóstolo Estevam Hernandes ministrou o povo sobre o domínio da incredulidade. Baseado nos textos que estão em Lucas 18.7-8 e Hebreus 6, o apóstolo explicou que este domínio quer ampliar cada vez mais seu alcance em nossos dias. “O mal se manifesta nas regiões celestiais. Satanás quer justamente roubar a nossa fé. Jesus fala que Ele ouvirá o clamor daquele que clama por ele dia e noite. Mas será que nós temos fé para esperar e crer no tempo de Deus?”, afirmou.

O apóstolo explicou que, muitas vezes, a espera alongada pode produzir o desânimo e a incerteza. “A nossa carne trabalha no imediatismo e a precipitação é uma arma do diabo para nos roubar... O escritor de Hebreus fala da questão das pessoas que perdem a sua fé por causa da incredulidade. Ele alerta todos a permanecerem na simplicidade de nosso Senhor Jesus. Precisamos permanecer nesta condição”, disse ele.

Veja a seguir os principais pontos da ministração da Noite de Poder:

O que é preciso para vencer o domínio da incredulidade?

1) Não se entregar a doutrinas heréticas (1Tm 4.1). Paulo disse que muitos apostarão na fé por doutrinas de demônios, homens que não tem experiência com Deus mas que tem ensinamentos demoníacos. Tudo o que não está na Bíblia é heresia. Muitos desprezam o estudo da Palavra e andam no caminho de suas mentes. A heresia é sutil... Ela é exatamente como eram os amonitas. Pareciam judeus, eram descendentes de Ló, mas foram gerados de um incesto... A heresia vai roubando a liberdade de servir a Deus. Cometemos uma heresia quando falamos algo que não está na Palavra. Como, por exemplo, que não podemos dançar ou bater palmas ao Senhor pois está escrito na Palavra que é da vontade Deus. Aquilo que passa por cima da Palavra é doutrina demoníaca. Se nos alimentarmos disto, vamos morrer espiritualmente.

2) Não renegar o poder do Espírito Santo (Marcos 3.29). Aquele que andou com Jesus e não quer andar mais, para este não há salvação. Ele está crucificando de novo a Jesus Cristo. Aquele que pecar contra o Espírito Santo é réu eterno. Aqueles homens começaram a falar mal de Jesus, dizendo que ele expulsava os demônios com a autoridade dada pelos demônios. Os nossos pecados de hoje já estão cobertos pelo sangue de Jesus. Agora quando nos levantamos para quebrar uma aliança feita no altar de Deus, estamos pecando. Após termos contemplado grandes milagres e quebrarmos a nossa aliança, estamos blasfemando de Deus! Este é o domínio da incredulidade.

O diabo quer que tenhamos mais facilidade de não crer do que crer. Existem leis espirituais que não mudam. Algumas pessoas que não respeitam mais autoridade espiritual, vivendo o evangelho da modernidade. Só que Deus é Deus de antigos. Nós temos que ser guiados pelo Espírito Santo de Deus... E nós estamos debaixo das promessas juradas por Deus. Nenhuma apostasia, nenhum pecado vai impedir que vivamos as promessas superiores de nosso Deus!

Nós somos herdeiros da promessa. O diabo quer matar os herdeiros das promessas. Nós temos por direito adquirido em Jesus todas as promessas de Abraão. Somos herdeiros da plenitude dessas promessas. Elas foram dadas na graça para Abraão. Abraão andou na graça. Ele se relacionou com Melquisedeque, que representa Jesus Cristo no Velho Testamento. E quando Abraão se relacionou com Cristo na figura de Melquisedeque, havia uma relação clara, sem impedimentos. O dia que o Senhor Jesus, na Cruz do calvário, entregou o seu espírito, a partir daquele momento o homem começou a se relacionar com Jesus Cristo. Homens não são mais intermediários. É vc que vai na presença de Deus!

Agora vamos direto ao trono de Deus. A nossa esperança não é apenas uma perspectiva, é a certeza de que Deus nos dará além daquilo que sonhamos. Eu não espero em homens. A minha esperança vai além do véu. No caminho de Emáus, aqueles dois apóstolos estavam desesperançados. Eles não sabiam que esta esperança estava em Jesus Cristo.

Mas o Senhor vai acender esta esperança em nós. Não vamos questionar se Deus vai fazer ou não fazer. Só vamos abrir a nossa boca e declarar que a nossa força está em Deus. Vamos entrar além do véu para ver a glória do Senhor Jesus. Não há impedimento para viver todas as bênçãos espirituais. Não temos direito de desconfiar do que Deus vai fazer!

O Espírito vai trabalhar o nosso coração poderosamente. Deus vai falar conosco de maneira especial. Somos herdeiros e descendência, aquele que vai além do véu. A apostasia não vai nos paralisar. A Igreja tem esta herança e o diabo não vai roubar. Há três aspectos que envolvem esta herança:

1). Por causa desta herança nada pode me derrubar. Quem intentará acusação contra o ungido de Deus, é Ele que nos dá vitória. Por causa desta herança eu permanecerei de pé.

2) Por causa desta herança eu não permanecerei no Egito. O que livrou o povo do Egito, foi o sangue do Cordeiro. Não vamos ficar no Egito em nenhuma área de nossas vidas.

3) O Senhor Jesus se fez pobre para que fossemos ricos. Melquisedeque recebeu o dízimo de Abraão. O sacerdote pega toda sorte de bênçãos e prosperidade e derrama sobre a Igreja para que possamos devolver ao Senhor. Vamos devolver em ação de graças. Temos a prosperidade sacerdotal. O homem normal tem porção na terra e o homem espiritual tem a porção do Senhor, a riqueza do Senhor.

Somos herdeiros destas bênçãos e destes milagres!  

veja também