Apple cede e retira aplicativo cristão contra homossexualidade

Apple cede e retira aplicativo cristão contra homossexualidade

Atualizado: Quinta-feira, 24 Março de 2011 as 9:09

A Apple retirou nesta quarta-feira (23) um aplicativo para iPhone que prometia "curar os gays" de sua loja online. Segundo o site Mashable.com, as ONGs Change.org e Truth Wins Out pediram para que a Apple retirasse o aplicativo enviando-lhe uma petição com 146,000 assinaturas.

A empresa que criou o aplicativo, a Exodus International definia o produto como "um app que oferece suporte para indivíduos que querem se recuperar da homossexualidade", por meio de conversas terapêuticas.Antes de ser retirado, o app havia sido classificado pela Apple com a nota de + 4, o que significa que "não contém material repreensível". O app era oferecido em um link no iTunes.

"A Apple fez uma decisão sábia e responsável ao retirar um aplicativo ofensivo, que demonizava os gays e lésbicas" disse Esta não foi a primeira vez que a Apple bloqueou um aplicativo ofensivo à comunidade homossexual. No passado, eles retiraram um app Anti-gay, após receberem uma petição com sete mil assinaturas. A retirada do aplicativo teve repercussão na mídia internacional, com matérias no The Guardian, Washington Post, Baltimore Sun e Fox News, destacou o site da ONG Change.org.  

veja também