Arqueólogos encontram objetos que acreditam pertencer aos reinados de Davi e Salomão

Arqueólogos acham possíveis objetos citados na Bíblia

Atualizado: Terça-feira, 15 Maio de 2012 as 3:33

Arqueólogos israelentes encontraram, em Khirbet Qeiyafa, objetos que podem ter ligações com objetos dos reinados de Davi e Salomão.

Yosef Garfinkel, da Universidade Hebraica de Jerusalém, e por Saar Ganor, da Direção Israelense de Antiguidades, são os responsáveis pela descoberta de três caixas de pedra bem talhadas, e de até 20 centímetros de altura, usadas para conservar objetos de culto divino.

Garfinkel escava há cinco anos na região, um reduto circular amuralhado de 2,3 hectares e em uma localização estratégica entre as cidades filisteias e Jerusalém, também chamado de Fortaleza Elá. "Seu meticuloso desenho responde a descrições feitas na Bíblia do palácio e do templo de Salomão", diz o professor.

Duas das caixas, de cor bege rosada, têm uma espécie de pórtico cuja descrição aparece no primeiro livro de Reis, de acordo com o pesquisador.

Foram achadas em casas da cidade e sua altura é exatamente o dobro da largura -- como em prédios achados em Jerusalém --, o que provam a conexão entre a que Garfinkel acredita que era a cidade bíblica de Shearaim e a Jerusalém de Davi e Salomão.

"Shearaim, que estava aqui no vale de Elá, significa 'Duas portas'. Esta cidade é a única da época do Primeiro Templo com duas portas, as demais tinham uma", ressalta.

O pesquisador crê que esses achados, assim como outros já revelados, reforçam o relato fidedigno encontrados na Bíblia sobre determinados eventos. Em entrevista à Agência Efe, ele disse que "quem não acredita, deverá também explicar como é possível semelhante similaridade".


com informações da EFE

veja também