Artista cristão cria polêmica com música sobre um adolescente gay

Artista cristão cria polêmica com música sobre um adolescente gay

Atualizado: Quinta-feira, 11 Agosto de 2011 as 9:01

O rapper cristão Theory Hazit, recentemente, forçou a barra com seu último single “Concealed Sorrow”, que retrata a história de um adolescente gay assediado que finalmente tirou sua própria vida.

A partir do seu lançamento mais recente, Modern Marvels, Theory Hazirt usa a canção como crônica da vida diária e lutas de Nicky, um adolescente que enfrenta um duro tratamento de bullies devido à sua sexualidade bem como tem um relacionamento distante com seu pai.

O tema raramente tocado por artistas cristãos foi propositadamente feito na esperança de ganhar a atenção da Igreja. Ao explicar sobre a música para o Christian Post, Theory Hazit disse, “Eu escrevo ‘Concealed Sorrow’ na esperança de que a Igreja ouça, veja, e pratique o amor de Cristo à todos os que lutam”.

O rapper nascido no Kansas inspirou-se para escrever por causa de uma história verdadeira contada por Tony Campolo, que lamentou o bullying de um ex-colega de classe gay. Roger acabou com sua vida com um suicídio assim como na  representação do personagem Nicky de Theory Hazit.

Agora o professor Emeritus de Sociologia da Eastern University, Dr. Campolo “lamenta não ter sido amigo e mostrado o amor de Jesus para Roger”.

Theory Hazit, que começou a cantar rap no começo dos anos noventa, também lançou um videoclipe para a canção. O vídeo, dirigido por Donald W. Martin Jr., apresenta o isolamento e a violência que Nicky e outros renegados da sociedade enfrentam, e a “falta de mãos de ajuda dos Cristãos para alcançá-los”.     Por Pollyanna Mattos Com informações do Christian Post

veja também