Artistas e autoridades opinam sobre a Marcha Para Jesus 2008

Artistas e autoridades opinam sobre a Marcha Para Jesus 2008

Atualizado: Sexta-feira, 23 Maio de 2008 as 12

Da Redação

Na última quinta-feira, 22 de maio, a edição de 2008 da Marcha para Jesus, realizada no Campo de Marte (Zona Norte de São Paulo), reuniu, além de mais de 5 milhões de cidadãos brasileiros, artistas e autoridades renomadas do meio gospel. O Portal Guia-me teve a oportunidade de conversar com muitos desses nomes conhecidos. Oficina G3, Heloísa Rosa, Voz da Verdade, entre outros, deram suas opiniões a respeito da importância de participar do evento.

Pastor John Nunes (líder do Ministério de Dança da Igreja Renascer): "A Marcha para Jesus é um marco nacional e até mundial.  O Ministéro de Dança sempre está presente. Percebemos algo realmente sobrenatural, pois vemos no próprio ministério um grande crescimento após a Marcha. Isso é uma grande benção. Além do objetivo da dança apostólica, que é curar vidas, salvar, libertar, transformar e resgatar".

Mara Maravilha: "A Marcha para Jesus, no Brasil e no exterior, é a possibilidade de ver um ensaio do que vai ser no céu. Imagina como seria vazio você não ter a certeza do que a morte determina depois. Nós sabemos que depois da morte o melhor ainda vai acontecer. Isso é um prêmio".  

Geraldo Tenuta (Deputado Federal e Bispo): "A importância da Marcha é a unidade. O próprio Jesus disse bem claro que quando nós fossemos um, aí seríamos reconhecidos. Cinco milhões de pessoas marchando em nome de um só nome é tremendo. Isso é uma grande dádiva de Deus".

Vânia Marx: "A Marcha é uma habilitação espiritual. Não estamos aqui simplesmente para fazer show, mas para propagar o nome do Senhor e levantar a bandeira da união. Fico muito feliz que a cada ano o corpo de Cristo se une contra o inferno. Estamos marchando pela paz. O Senhor é o Príncipe da Paz".

Marco Feliciano: "Vi o povo do helicóptero. 5,5 milhão de pessoas. É o povo de Deus tomando posse daquilo que é nosso".

Heloisa Rosa: "A Marcha glorifica o nome de Deus. A motivação não é levantar um partido e sim levantar o nome de Jesus".

Carlos Moysés (pastor e líder do Voz da Verdade): "Primeiramente, o mundo está vendo quem nós somos. Em segundo lugar, o mundo espiritual está recebendo o que esse povo está falando - que Jesus é o Senhor dessa nação. Tudo isso corre no mundo espiritual, então começa a mudar tudo, abençoando a nossa nação e, mostrar para o inferno, também: "Veja com quem você está lutando. Com esse povo que não é mais um povinho nesse país. É um povo enorme. Nós estamos vendo um grande avivamento e essa Marcha só prova isso".

Bispo Jorge Bruno (baterista da Banda Resgate): "A maior importância é a conquista que nós temos como corpo no Brasil, no estado e na cidade. É você ver o Apóstolo Doriel de Oliveira da Casa da Bênção, Pr. Samuel Ferreira da Assembléia de Deus, bispos e pastores da Igreja Renascer em Cristo, Pastor Lucena da Igreja O Brasil para Cristo, batistas, presbiterianos, metodistas; aí você vê essa unidade que, talvez em outros tempos, a gente jamais sonharia. Isso traz um mover de bênção porque o salmista diz isso no Salmo 133: que na união, Deus ordenaria a bênção".

Fernando Fé: "A Marcha vem a calhar como uma promessa de Deus para a nossa nação e dizer que o Brasil é abençoado. A gente profetiza que São Paulo é uma cidade santa e que a gente está se rendendo, se humilhando, buscando a face do Senhor e, certamente o Senhor vai sarar a nossa terra".

Will (vocalista do FLG): "Hoje eu tive a oportunidade de marchar mesmo, na rua. Graças a Deus, somos privilegiados. Muitas bandas participando, e a gente faz parte. Fazer parte da história da Marcha Para Jesus é um presente de Deus".

Rafael Bittencourt (Vocalista do Toque no Altar) : "Acredito que a Igreja de Cristo quando se reuni dessa forma mostra sua expressão, sua força, o poder da união. Todas as portas e muralhas que inferno tenta levantar  para impedir o crescimento da Igreja caem por terra por causa da unidade. Isso é uma demonstração do poder que a Igreja tem unida".

Juninho Afram (Vocalista do Oficina G3) : "A Marcha tem várias importâncias, uma delas é a espiritual, aquilo que representa a presença do povo de Deus nas ruas, é muito mais que um movimento humano, é onde o povo de Deus está abençoando, declarando que o Senhor Jesus é Rei. O outro lado é a unidade do povo de Deus, onde não existem barreiras, placas de igrejas. Todos esse fatores fazem com que a Marcha para Jesus seja um evento extremamente importante".

Talita Pagliarin: " Esse evento para mim é algo muito importante, muito especial. Um divisor de águas no meu ministério. Estou muito feliz, muito honrada. É um evento que eu sempre participei, marchando de fora. Hoje pude subir no palco. Tenho certeza de que ninguém que está aqui vai sair da mesma maneira que chegou".

Colaboração: Felipe Pinheiro, João Neto e Nany de Castro

Foto: Rodrigo Borba

veja também